Ronserbeg defende Andrés Sanchez contra a hipocrisia

Ronserbeg defende Andrés Sanchez contra a hipocrisia

Por Meu Timão

Andrés Sanchez deixará a presidência do Corinthians em 15 de dezembro

Andrés Sanchez deixará a presidência do Corinthians em 15 de dezembro

Foto: Tom Dib

Anunciado na última semana como novo diretor de Seleções da CBF, o presidente do Corinthians Andrés Sanchez recebeu críticas por aceitar o cargo em um  momento de definição do Campeonato Brasileiro.

O presidente do Vasco, Roberto Dinamite, foi um dos que mais reclamou e levantou suspeitas. Diretor de marketing do Timão, Luis Paulo Ronseberg defendeu o colega:

? Se queremos acabar com a hipocrisia no futebol é importante que no momento que a decisão é tomada, ela venha a público. Se deixasse para o posterior, iram falar que isso estava definido desde o começo do Brasileirão, que o título estava marcado. Se as más línguas querem falar, que falem. É um cargo importantíssimo, que estava vago e Andrés é um talento ? elogiou o dirigente.

- O Andrés tem uma facilidade de comunicação com comissão técnica e jogadores que vai fazer com que a conquista do título Mundial pelo Brasil seja bem mais suave - completou.

Sobre a última rodada, em que a cidade de São Paulo pode receber dois clássicos (Corinthians x Palmeiras e São Paulo x Santos), o dirigente minimizou os perigos:

- Quero acreditar que a civilidade possa prevalecer. Existe um minoria radical, mas as pessoas de bem não podem ceder ao temor - opinou.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes