Sanchez contraria Tite e entende motivação do Palmeiras

Sanchez contraria Tite e entende motivação do Palmeiras

Por Meu Timão

Presidente concorda com desejo do Palmeiras de prejudicar o Corinthians, mas não com o 'bicho dragão

Presidente concorda com desejo do Palmeiras de prejudicar o Corinthians, mas não com o 'bicho dragão

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

O presidente Andrés Sanchez não se ofende com o desejo do Palmeiras de prejudicar o Corinthians na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Ao contrário do técnico Tite, que disse ser 'muito pobre querer ferrar o adversário', o mandatário admitiu que pensaria da mesma forma se estivesse na situação do rival.

Tite vê 'pobreza'

'Não acho que seja pobre. Isso faz parte da rivalidade. Se fosse o Corinthians, eu também iria querer ganhar a qualquer custo. Para o corintiano, vencer o Palmeiras é a melhor coisa do mundo. Estamos falando de um dos maiores clássicos do Brasil', discursou Sanchez.

O mandatário só discorda da motivação financeira do Palmeiras. Segundo o vice-presidente de futebol Roberto Frizzo, seu elenco receberá um 'bicho dragão' para derrotar o Corinthians no domingo, no Pacaembu.

'No Corinthians, não tem essa de bicho dobrado. Definimos os bichos antecipadamente, e eles são pagos de acordo com os objetivos alcançados', diferenciou Andrés Sanchez, que espera recompensar o seu elenco pela conquista do Brasileirão. Para isso, o time pode até perder para o Palmeiras - desde que o Vasco não vença o Flamengo, no Engenhão.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes