Tite considera clássico um 'torneio paralelo' e vê Palmeiras perigoso

Tite considera clássico um 'torneio paralelo' e vê Palmeiras perigoso

Por Meu Timão

Visando preparação para o clássico, Corinthians se reapresentou nesta terça-feira

Visando preparação para o clássico, Corinthians se reapresentou nesta terça-feira

Foto: Edson Lopes Jr./Terra

Técnico de futebol desde 1990, Tite se diz um 'homem calejado', mas admite dificuldade para controlar a ansiedade às vésperas da partida decisiva do Campeonato Brasileiro, contra o rival Palmeiras, no próximo domingo, às 17h (de Brasília), no Pacaembu.

'A ansiedade é natural, ela é humana. A experiência vai calejando, a gente encontra alguns mecanismos e cada um tem o seu ponto de equilíbrio, mas é difícil. A semana vai demorar mais do que o normal para passar. Para aliviar gosto de ficar perto da família, ter momentos de reflexão, olhar para trás e ver tudo o que eu fiz', admitiu.

Com passagens por Corinthians e Palmeiras, o treinador ressaltou a grande dimensão do clássico, mas não quer que seus atletas se sintam mais pressionados por terem o rival pela frente. 'Corinthians e Palmeiras é um campeonato paralelo, eu sei porque trabalhei nas duas equipes. Mas temos que encarar com o máximo de normalidade possível', disse.

Tite acredita que lances de bola parada podem decidir o duelo e recomenda que seus atletas evitem faltas, receoso quanto ao bom desempenho de Marcos Assunção nas cobranças. 'Acredito que é possível diminuir as ações do Marcos Assunção, mas é impossível pará-lo. Precisamos diminuir o número de faltas. Temos que respeitar, ele é uma forte arma. O Palmeiras é time perigoso e está entre os dez que poderiam ser campeões, tanto que brigou na parte de cima em boa parte do campeonato', analisou.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Meia sentiu a costela após dividida com Betão

    Jadson tem fratura constatada e desfalca Corinthians por um mês

    ver detalhes
  • Jô, artilheiro do Corinthians na temporada com 15 gols, não balançou as redes nesta quarta-feira

    Fora de casa, líder Corinthians para na retranca do Avaí e volta a empatar no Brasileirão

    ver detalhes
  • Walter não garantiu permanência no Corinthians

    Walter não garante permanência no Corinthians: 'Estou aguardando'

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel não viveu boa noite na Ressacada

    Torcida do Corinthians escolhe árbitro e Marquinhos Gabriel como vilões por empate contra o Avaí

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes