Timão x Palmeiras e Vasco x Fla apimentam rodada final

Timão x Palmeiras e Vasco x Fla apimentam rodada final

Por Meu Timão

Clássicos estaduais decidirão o título brasileiro de 2011

Clássicos estaduais decidirão o título brasileiro de 2011

Foto: Clássicos estaduais decidirão o título brasileiro de 2011

Para apimentar os dois grandes clássicos da rodada do próximo domingo, na qual será decidido o campeão brasileiro desta temporada, o Lancenet! relembra momentos marcantes e traz alguns números sobre a história do clássico.

No Pacaembu, o Corinthians encara o Palmeiras e, mesmo com uma derrota, pode se tornar campeão Brasileiro. Para que isso aconteça, o Vasco não poderá bater o Flamengo. Caso contrário, o Timão terá que, pelo menos, empatar com o maior rival.

Além do provável título vascaíno, que precisa vencer e torcer contra a equipe paulista, o clássico carioca de domingo no Engenhão também definirá o futuro do Flamengo. O clube precisa apenas de um empate para assegurar uma vaga na Libertadores de 2012. Caso o Rubro-Negro perca, precisa torcer para não ser ultrapassado pelos rivais que também lutam por uma vaga, como Inter, Coritiba e Figueirense.

Confira abaixo alguns números dos dois clássicos:

CORINTHIANS X PALMEIRAS
OS CINCO MAIORES CONFRONTOS

Corinthians 1 x 1 Palmeiras - Paulista (1954)

A decisão do Estadual daquele ano é considerada uma das mais importantes entre os rivais, já que fazia parte das comemorações do quarto centenário da cidade de São Paulo, fundada em 1554. O empate bastava para o Corinthians conquistar o título. Para o Palmeiras, era preciso derrotar o rival e torcer por um novo revés alvinegro na última rodada, contra o São Paulo. A equipe de Luizinho & Cia. segurou a igualdade (1 a 1) e levantou o caneco. Depois deste título, o Corinthians somente viria a sagrar-se campeão paulista novamente 22 anos depois, em 1977.

Palmeiras 1 x1 Corinthians - Brasileirão (1994)

A mais importante decisão entre os rivais em âmbito nacional. E deu Palmeiras. No primeiro jogo do Pacaembu, com maioria corintiana no estádio, a equipe de Rivaldo, Edmundo & Cia. venceu por 3 a 1. Na volta, com supremacia alviverde nas arquibancadas, empate por 1 a 1 e título confirmado. De novo, em cima do rival.

Corinthians 2 x 0 Corinthians - Libertadores (1999)

Em confronto válido pelas quartas-de-final da Copa Libertadores, após duas partidas disputadas no Morumbi, o Palmeiras eliminou o rival. Na primeira, vitória alviverde, por 2 a 0. Na segunda, troco alvinegro pelo mesmo placar. A decisão foi para os pênaltis. Vampeta e Dinei desperdiçaram suas tantativas de gol e o goleiro Marcos, que havia evitado uma derrota pior no tempo normal, ganharia a alcunha de 'São Marcos'.

Corinthians 2 x 2 Palmeiras - Paulista (1999)

Um mês após o confronto pela Libertadores, os rivais se enfrentaram na decisão do Estadual. O técnico Felipão resolveu poupar alguns titulares no primeiro jogo, visando a disputa do título na competição sul-americana. O Timão se aproveitou e goleou, por 3 a 0. No segundo jogo, empate por 2 a 2, caneco do Paulistão para o Corinthians e muita briga em campo, após provocação do atacante Edílson.

Palmeiras 3 x 2 Corinthians - Libertadores (2000)

No ano seguinte, os rivais voltaram a se encontrar na Libertadores, só que na fase semifinal. No primeiro jogo, o Corinthians venceu, por 4 a 3. No confronto final, o Palmeiras triunfou por 3 a 2 e, pelo segundo ano consecutivo, a decisão foi nos pênaltis. E deu Palmeiras. Marcos, de novo, foi o herói, ao pegar a última cobrança batida por Marcelinho Carioca.

OS MAIORES ARTILHEIROS DO CONFRONTO

Cláudio (Corinthians) - 21 gols
Baltazar (Corinthians) - 20 gols
Luizinho (Corinthians) - 19 gols
Teleco (Corinthians) - 15 gols
Heitor (Palmeiras) - 14 gols

VASCO X FLAMENGO
OS CINCO MAIORES CONFRONTOS

Vasco 1 x 0 Flamengo - Carioca (1988)

Na última vez em que o Vasco derrotou o Flamengo numa decisão direta entre os dois clubes, quem brilhou não foi nenhuma das estrelas de um elenco que incluia Roberto Dinamite, Romário, Bismarck e Geovani. Dispensado do Rubro-Negro em 1983 pelo então técnico do clube Carlinhos, Luiz Edmundo Lucas Correa, mais conhecido como Cocada, entrou no jogo aos 42 minutos da etapa final, fez o gol do título aos 43 e, na comemoração, tirou a camisa e saiu correndo em direção do banco do Flamengo, para dar sua resposta ao treinador adversário, sendo expulso logo após.

Vasco 4 x 1 Flamengo - Brasileiro (1997)

Para muitos, o time do Vasco campeão brasileiro de 1997 é considerado um dos melhores da história do clube. Em uma campanha perfeita, o Gigante da Colina viu Edmundo, um dos grandes ídolos da torcida, voar em campo. Além dos 29 gols anotados na competição, o atacante brilhou no clássico disputado contra o maior rival, no dia dia três de dezembro. Em partida realizada pela segunda fase da competição, o Vasco aplicou 4 a 1, com três gols do Animal, e garantiu vaga para a decisão da competição contra o Palmeiras.

Vasco 5 x 1 Flamengo - Taça Guanabara (2000)

Em um domingo de Páscoa, nada melhor do que um Flamengo x Vasco para adoçar a rivalidade. As duas equipes decidiriam a Taça Guanabara de 2000 e, nos bastidores, o sempre polêmico Eurico Miranda distribuiu aos torcedores presentes no Maracanã cerca de 40 mil ovos de chocolate para comemorar a data. Quis o destino que o Vasco desse um chocolate em cima do Flamengo: 5 a 1, com direito a três gols de Romário. Aproveitando a data e o placar elástico, a torcida vascaína passou a zombar do rival com a famosa expressão 'Uh, é chocolate!'.

Flamengo 3 x 1 Vasco - Carioca (2001)

Considerada um dos confrontos mais emocionantes da história entre as duas equipes, a decisão do Campeonato Carioca de 2001 deu ao Flamengo um novo e eterno ídolo: Petkovic. O time da Gávea precisava vencer o rival cruz-maltino por diferença de dois gols, e saiu na frente com Edílson. Juninho Paulista empatou ainda na primeira etapa. E o 'Capetinha' voltou a colocar os rubro-negros em vantagem na etapa final, Mas faltava um gol. E ele veio aos 43 minutos do segundo tempo, em cobrança perfeita do sérvio, sem chances para o goleiro Hélton. O feito valeu o tricampeonato estadual ao Fla, todo ele conquistado sobre o Vasco.

Flamengo 1 x 0 Vasco - Copa do Brasil (2006)

A primeira, e até agora única, decisão de nível nacional entre os dois rivais aconteceu na Copa do Brasil de 2006. Na primeira partida, vitória rubro-negra por 2 a 0, gols de Obina e Luizão. Na volta, o Flamengo conseguiu um gol com o lateral Juan, e soube administrar o resultado até o apito final. A polêmica deste confronto ficou por conta da expulsão do atacante vascaíno Valdir Papel, ainda nos primeiros minutos de jogo, após entrada violenta em Léo Moura. O atleta acabou duramente repreeendido pelo então técnico de seu clube Remato Gaúcho, que o empurrou enquanto se dirigia ao vestiário.

OS MAIORES ARTILHEIROS DO CONFRONTO

Roberto Dinamite (Vasco) - 27 gols
Zico (Flamengo) - 19 gols
Romário (Vasco/Flamengo) - 19 gols
Bebeto (Flamengo/Vasco) - 17 gols
Ademir de Menezes (Vasco) - 16 gols

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes