Jornal: Tite diz que quase morreu em acidente após vice de 1986

Jornal: Tite diz que quase morreu em acidente após vice de 1986

Por Meu Timão

Técnico sofreu acidente de carro em 1987 enquanto viajava de Campinas a Caxias do Sul

Técnico sofreu acidente de carro em 1987 enquanto viajava de Campinas a Caxias do Sul

Foto: Edson Lopes Jr./Terra

Com grandes possibilidades de ser campeão brasileiro pelo Corinthians em 2011, o técnico Tite revelou nesta quarta-feira, em entrevista à Folha de S. Paulo, um acidente no qual quase perdeu a vida após ficar com o vice-campeonato do Brasileiro de 1986 (cuja final foi disputada já em 1987), quando jogava pelo Guarani, derrotado pelo São Paulo na decisão. Arrasado após a perda do título, o então volante não conseguia dormir e resolveu viajar às 6h da manhã de Campinas a Caxias do Sul, sua cidade natal, ao lado da mulher, Rose.

Após dirigir até o fim da tarde, já muito cansado, Tite perdeu o controle da direção, deu duas voltas na pista e quase caiu em uma ribanceira, de acordo com o relato do próprio treinador. O carro parou à beira do barranco e o ex-jogador conseguiu direcioná-lo de volta à pista. De acordo com Tite, que nunca havia falado do acidente antes, a viagem foi motivada pela vontade de ficar perto da família, para esquecer rapidamente a derrota na final contra o São Paulo.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes