Edu Gaspar: 'Jogador não precisa do dinheiro de bicho'

Edu Gaspar: 'Jogador não precisa do dinheiro de bicho'

Por Meu Timão

Presente nesta quarta-feira à Soccerex, no Rio, o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, conversou com o Lancenet! e ? assim como o presidente Andrés Sanchez ? desvalorizou a iniciativa do Palmeiras de dar um bicho extra aos jogadores caso eles evitem o título brasileiro do Timão no clássico de domingo.

- Se bicho ganhasse jogo, nós já teríamos entrado nesse mercado com mais força. Jogador não precisa desse dinheiro. Hoje o salário é muito bom. Isso é para tentar colocar fogo na disputa ? afirmou o dirigente.

Edu ainda explicou que o Corinthians já está se movimentando para manter as principais peças do elenco na próxima temporada, ainda mais com a vaga na Libertadores já garantida. O volante Paulinho é uma das prioridades.

- Estamos tranquilos com relação à manutenção dos jogadores para a próxima temporada. Já estamos na Libertadores e esse grupo alcançou um nível muito alto. Sobre o Paulinho, sabemos do interesse de alguns clubes, do Milan, por exemplo, mas nada chegou às nossas mãos. Só que não vamos ficar parados. Para uma competição como essa, nosso planejamento é montar um elenco homogêneo, que não perca força nas várias viagens que vamos fazer ? comentou Edu.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Guilherme diz ser meia-atacante; posição como meia-central do 4-1-4-1 não agrada

    Guilherme abre o jogo, se vê prejudicado por esquema e pede sequência no Corinthians

    ver detalhes
  • Love marcou 14 gols no Brasileirão 2015, abaixo apenas de Ricardo Oliveira, artilheiro

    Na Turquia, ex-Corinthians supera Eto'o e briga pela artilharia do campeonato

    ver detalhes
  • Pablo, Maycon, Léo Jabá... Corinthianos comemoram virada nas redes sociais

    Pablo, Maycon, Léo Jabá... Corinthianos comemoram virada nas redes sociais

    ver detalhes
  • Confira os gols de Mirassol 2x3 Corinthians

    VÍDEO: Confira os gols de Mirassol 2x3 Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes