'Há muito que luto por um título desta grandeza' - Liedson

'Há muito que luto por um título desta grandeza' - Liedson

"Há muito que luto por um título desta grandeza" - Liedson
Por Redacção

O avançado luso-brasileiro está entusiasmado com a possibilidade de conquistar o título no campeonato brasileiro com a camisola do Corinthians. Condição física não será problema porque o coração fala mais alto.

"Há muito que luto por um título desta grandeza e domingo estarei próximo dessa realidade. Espero que seja desta. Vai ser um jogo complicado, difícil, entre duas equipas de grande qualidade mas estamos preparados para todas as situações que possam ocorrer no jogo", disse Liedson na antevisão ao jogo de domingo com o Palmeiras, de Scolari, com o timão a precisa de um empate para conquistar o título.

Cansado e com dores musculares, o ex-avançado do Sporting tem sido um exemplo de superação e contribuído de forma decisiva em muitas vitórias do Corinthians. A uma jornada do fim, não é hora de desistir:

"É preciso um sacrifício muito grande para jogar com dores. É preciso estar sempre bem fisicamente num campeonato ao mais alto nível. Foram muitos jogos: mais de 80 entre este ano e a época em que estava no Sporting. Estou no meu limite mas o sacrifício valerá a pena. Agora, o coração fala mais alto que a condição física."

Fonte: site jornal A Bola de Portugal

Enviado por: Francisco José Gonçalves

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes