Empresário oferece Douglas ao São Paulo

Empresário oferece Douglas ao São Paulo

Após fechar com os três primeiros reforços para a temporada 2012, a diretoria do São Paulo ainda quer mais três nomes até terça-feira, dia em que será realizado o evento para anunciar as obras de modernização do estádio do Morumbi.
A grande prioridade é acertar com um meia que jogue pelo lado esquerdo, carência já apontada pelo técnico Emerson Leão na reta final do Campeonato Brasileiro. E, através de um empresário, o São Paulo recebeu a possibilidade de contratar o meia Douglas, do Grêmio.
O atleta estaria em litígio com a equipe gaúcha. Tem contrato com o Tricolor gaúcho até dezembro de 2012 e, como prevê a lei, pode fechar um pré-contrato com qualquer clube em junho, sem que seu atual time seja ressarcido. Temendo que isso aconteça, o presidente Paulo Odone fez uma proposta de renovação, que não foi aceita pelo jogador e seus empresários. A partir daí, a meta pelos lados do Olímpico é achar algum clube que aceite pagar para contratar o atleta neste final de ano.
Oficialmente, Odone e seus representantes dizem que Douglas só sai mediante o pagamento da multa rescisória, de R$ 50 milhões. A realidade, no entanto, é muito diferente. O clube que estiver disposto a desembolsar € 2 milhões (R$ 4,8 milhões) leva o jogador. E foi aí que um empresário procurou a diretoria do São Paulo.
O nome agradou à cupula do clube do Morumbi, mas já hpa outras negociações em andamento. A prioridade ainda é o argentino Montillo, apesar de o Cruzeiro ter recusado a primeira proposta. Outros dois atletas para a posição estão sendo trabalhados ao mesmo tempo. Caso nenhum deles acerte, Douglas poderá ser contratado. Ou seja: ele é o "plano D" do São Paulo.
Douglas tem 29 anos. Revelado pelo Criciúma, apareceu para o futebol paulista no São Caetano, clube pelo qual foi vice-campeão estadual, em 2007. No ano seguinte, foi negociado com o Corinthians. No Timão, teve uma boa fase e conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro da Série B (2008) e do Paulista e da Copa do Brasil de 2009. Após esse caneco, foi vendido para o Al-Wasl, dos Emirados Árabes, onde permaneceu por seis meses, até ser negociado com o Grêmio, seu time atual.

Fonte: globo esporte

Enviado por: leonardo

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes
  • Alan Santos tem conversas avançadas com Corinthians

    Corinthians negocia contratação de volante do Coritiba, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes