Ralf espera por uma camisa do Timão no Natal

Ralf espera por uma camisa do Timão no Natal

Jogar com a camisa do Corinthians já seria um presente inesquecível para milhares de crianças e adolescentes. Para um menino em particular, nascido na periferia de São Paulo e que viveu muitos anos no município de Taboão da Serra, em São Paulo, o Papai Noel foi além.

Ralf de Souza Teles ganhou o presente e se transformou em um dos melhores volantes do Brasil. Tudo graças ao Corinthians. Campeão Brasileiro e convocado para a seleção brasileira em 2011, o camisa 5 do Timão mudou de vida e de sonhos. Não pensa mais como aquele garoto que batia bola no campinho de terra, mas sim como um profissional ambicioso por conquistas.

'Eu pediria ao Papai Noel exatamente o sucesso que tanto eu como o Corinthians tivemos este ano. Que 2012 seja melhor do que foi este ano de 2011, que foi maravilhoso para mim, individualmente e como conjunto, com o título. Espero que seja com muita saúde, paz e cheio de realizações', destacou o volante ao MARCA BRASIL em uma pausa durante suas férias.

Mas,. afinal, como melhorar em 2012? O que pode ser ainda mais emocionante para um jogador. Afinal, este ano Ralf descobriu o gostinho de vestir a camisa amarela do Brasil. Disputou quatro amistosos sob o comando de Mano Menezes, o mesmo Papai Noel que abriu as portas do Timão para ele. Além disso, foi campeão brasileiro, como ídolo da torcida, e acabou eleito o melhor da posição em todos os prêmios do torneio. Então, se teve tudo isso, só o próprio Ralf para imaginar algo ainda melhor.

'Para ser melhor ainda, preciso voltar bem, com o mesmo espírito de luta, com a mesma vontade e humildade de 2011. Para que 2012 seja melhor, espero que possa vir com o título da Libertadores, um Paulista e mais um Brasileirão', comentou o jogador, com um sorriso enorme no rosto ao pensar na ‘tríplice coroa’ do Timão.

Esta ambição de Ralf agrada aos corintianos. Sua gana por conquistas e dentro de campo evocam a raça símbolo da Fiel. Prova disso é que ao posar para a foto com o gorrinho de Natal, o volante se preocupou por estar com uma camisa verde (como todo torcedor corintiano se preocuparia) - ele participava de um jogo beneficente e pediu outra camisa, que um torcedor emprestou e ganho um autógrafo de presente.

Para este torcedor e os outros corintianos, Ralf deseja que o Natal traga um futuro melhor. 'Torço para que melhorem as condições para a criançada. Mais hospitais. Pedimos que isso melhore a cada dia e ano. Sabemos que essa precariedade acaba prejudicando muito as pessoas, pois viemos de uma família humilde e conhecemos de perto.'

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes
  • Alan Santos tem conversas avançadas com Corinthians

    Corinthians negocia contratação de volante do Coritiba, diz portal

    ver detalhes
  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes