Em 2011, Timão vai do inferno ao céu com penta nacional

Em 2011, Timão vai do inferno ao céu com penta nacional

Foi um ano de momentos de sofrimento e de muitas oscilações, mas com o final feliz que o corintiano conhece e já se deliciou, agora, cinco vezes com a conquista do Campeonato Brasileiro. Mas não dá para lembrar da temporada, que marcou o penta nacional na história do clube, sem passar desapercebido pelo fracasso na disputa da Pré-Libertadores, com a derrota por 2 a 0 para o Tolima-COL e a desclassificação do torneio sul-americano.

Fora dos gramados, a maior conquista corintiana foi o anúncio da Fifa que o estádio do clube, em Itaquera, sediará a abertura da Copa de 2012, no Brasil.

Em 2011, o corintiano viu ainda um dos maiores ídolos do futebol - Ronaldo - se aposentar com o manto sagrado alvinegro.

Relembre:

Janeiro

Em Itu, Tite e seus comandados começaram a trajetória para a Libertadores com a pré-temporada. Depois de duas semanas, o Timão estreou no Paulistão, no dia 19 de janeiro, contra o Bragantino, com o empate por 1 a 1. Sete dias depois, estreou na Pré-Libertadores, com o empate por 0 a 0, com o Tolima-COL, no Pacaembu.

Fevereiro
 
Após um empate sem gols no Pacaembu, no dia 26 de janeiro, o Timão enfrentou o Tolima-COL, em Ibagué, no dia 2 de fevereiro, e perdeu por 2 a 0. Com o resultado, a equipe alvinegra foi eliminada da Pré-Libertadores. Depois da decepcionante desclassificação, torcedores demonstraram sua revolta contra o clube.

No dia 5 de fevereiro, o clima esquentou em um protesto, com mais de 200 corintianos, na frente do CT Joaquim Grava. O ambiente foi amenizado com a vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras.

Ainda na maré ruim do mês alvinegro, Ronaldo Fenômeno anunciou sua aposentadoria. Pelo Corinthians, o eterno camisa 9 conquistou o Paulista de 2009 e a Copa do Brasil no mesmo ano. O ex-jogador marcou 35 gols em 69 jogos disputados pelo Timão.

Março

Com o Corinthians bem na disputa do Paulista, entre os quatro primeiros e perto da vaga para as semifinais, Adriano foi contratado e apresentado oficialmente como novo reforço do Corinthians, no dia 31 de março.

Abril

Em um treinamento para adquirir sua melhor forma física para estrear rapidamente, Adriano rompeu seus ligamentos do tendão do pé esquerdo, no dia 19 de abril. Um dia depois foi operado, com recuperação prevista para cinco meses.

Maio

No dia 1º de maio, o Corinthians venceu o Palmeiras por 6 a 5, nos pênaltis, e se classificou para a final do Paulistão, contra o Santos. Depois de um empate sem gols no Pacaembu, pela primeira partida da decisão estadual, o Timão perdeu por 2 a 1 para o Peixe, pelo jogo da volta da final, e ficou com o vice-campeonato do Paulistão.

Para compensar a decepção pela derrota para o Peixe na final, o corintiano viu seu sonho antigo se tornar realidade. As obras do tão sonhado estádio corintiano, em Itaquera, começaram no dia 30 de maio.

Junho

O Timão sacramentou seu início avassalador no Brasileiro com a goleada por 5 a 0 em cima do São Paulo, no dia 26 de junho.

Julho

Enquanto a seleção brasileira decepcionou na disputa da Copa América (foi eliminada nas quartas de final para o Paraguai), o Corinthians mostrou sua força no Brasileiro e abriu boa vantagem na liderança.

O mês marcou ainda a insistente investida para contratar Carlitos Tevez. O Timão chegou a oferecer 40 milhões de euros ao Manchester City para contratar o atacante. O clube inglês, no entanto, recusou a oferta na ocasião.

Agosto

Depois de dez jogos de invencibilidade, o Corinthians começou a oscilar no Brasileiro. Com a lesão no dedo mínimo da mão esquerda, Júlio César deu lugar a Renan. Os sucessivos erros do substituto fizeram Tite optar pelo terceiro goleiro Danilo Fernandes para a posição. Júlio César retornou no dia 14 de agosto.

Setembro

A vitória por 2 a 1, de virada, em cima do Flamengo, no dia 8 de setembro, no Pacaembu, foi um marco para o Corinthians dentro do Brasileiro. O triunfo devolveu à liderança ao time. Mas, depois de seguidos tropeços, Tite viveu uma crise. Com conselheiros pedindo sua demissão, o treinador foi mantido por Andrés Sanchez, principalmente, depois do empate sem gols contra o São Paulo, no Morumbi, no dia 21 de setembro. A partida marcou ainda o episódio envolvendo Chicão, no qual o zagueiro pediu para deixar a concentração na véspera do clássico após ser barrado por Tite.

Outubro

A goleada do Corinthians por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, no dia 9 de outubro, marcou a estreia de Adriano.

No dia 20 de outubro, a Fifa e o Comitê Organizador da Copa de Mundo de 2014 anunciaram que o estádio do Corinthians, em Itaquera, sediará a abertura do Mundial. As entidades confirmaram ainda que a futura casa alvinegra também receberá mais cinco jogos da Copa, incluindo um das semifinais.

Novembro

A derrota por 2 a 1 para o América-MG, no dia 6 de novembro, gerou dúvidas e temor nos corintianos com relação ao título nacional.

Em uma das partidas mais determinantes na reta final para o penta nacional do Corinthians, a estrela de Adriano brilhou. O Imperador saiu do banco de reservas para fazer o gol da vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Atlético-MG, no Pacaembu, no dia 20 de novembro.

Dezembro

O tão esperado penta nacional chegou no dia 4 de dezembro, com o empate sem gols com o  Palmeiras, no Pacaembu. Depois de 28 rodadas na liderança, de 38 da competição, o Corinthians, o time mais regular ao longo do Nacional, conseguiu passar por cima de adversidades para sacramentar o quinto título nacional de sua história.

No mesmo dia da alegria pelo penta, uma grande perda para a Fiel. O ídolo Sócrates Brasileiro Sampaio de Sousa Vieira de Oliveira faleceu. O Doutor jogou 297 jogos, marcou 172 gols e venceu três campeonatos paulistas (1979, 1982 e 1983) pelo Timão. Ele foi um dos principais idealizadores da Democracia Corintiana.

Ainda no mês de dezembro, o presidente Andrés Sanchez se licenciou do cargo depois de quatro anos de mandato. Andrés conseguiu reerguer o clube à elite nacional em 2008, foi campeão paulista e da Copa do Brasil. Construiu o CT do clube e concretizou o sonho do estádio alvinegro.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes