Cristian terá que pedir sua liberação para voltar ao Corinthians

Cristian terá que pedir sua liberação para voltar ao Corinthians

O volante Cristian planeja se reunir com a diretoria do Fenerbahçe para tentar a sua liberação para poder acertar o seu retorno ao Corinthians. O volante está disposto a retornar ao Corinthians e existe um projeto para que os torcedores arrumem dinheiro para que o volante seja contratado pelo clube.

Cristian tem contrato com o Fenerbahçe até 2014 e os turcos não pensam em liberar o jogador tão facilmente. O Corinthians já tentou repatriar o volante em algumas oportunidades, mas acabou fracassando por causa da alta pedida dos turcos que chegam a R$ 16 milhões.

A diretoria do Corinthians aprova o projeto para o volante voltar e fica em compasso de espera. "É uma situação atípica. O departamento de futebol foi consultado, perguntando se ele caberia. É óbvio, é um grande jogador, caberia em qualquer elenco do Brasil. Vamos torcer para que isso dê certo, primeira vez no mundo, é uma coisa nova para todos, temos de esperar. Acho que foi uma grande sacada do nosso departamento de marketing", afirmou o gerente de futebol, Edu Gaspar.

Cristian terá que pedir sua liberação para voltar ao Corinthians

Fonte: futnet

Enviado por: Gustavo Gomes Pacheco

Veja Mais:

  • Copa Sul-Americana terá 32 classificados na segunda fase

    Copa Sul-Americana chega a 21 classificados; torneio pode ter até sete campeões da Libertadores

    ver detalhes
  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes