Danilo e Willian travam duelo à parte por vaga no Timão

Danilo e Willian travam duelo à parte por vaga no Timão

Os dois têm qualidades técnicas. Os dois foram fundamentais na conquista do pentacampeonato brasileiro. Os dois são tranquilos. Os dois são peças fundamentais para Tite. Os dois foram os jogadores que mais jogaram pelo clube no Brasileirão - 36 jogos cada. Porém, ambos não têm espaço ao mesmo tempo na equipe de 2012. Com Alex absoluto no meio, Willian e Danilo travam um duelo à parte por uma vaga. Melhor para o técnico, que pode com um jogar mais fechado e com outro, aberto.

A dúvida na escalação de um ou de outro fica evidente a cada coletivo comandado por Tite. Nas três atividades realizadas até agora, ele promoveu um revezamento entre eles, deixando claro que ainda mantém a incerteza de jogar com dois meias ou com dois atacantes de velocidade pelas pontas.

'A dúvida vem desde o ano passado, na linha de três, em jogar com dois velocistas na beirada ou de ter um velocista e um meia. Conforme a situação do jogo e a condição de cada atleta, vamos definir. Precisamos ter calma', ressaltou Cleber Xavier, auxiliar técnico de Tite, que comandará a equipe contra o Flamengo, neste domingo.

A presença de Danilo ao lado de Alex dá ao time uma característica que agrada muito ao técnico Tite: mais posse de bola. Com dois organizadores no meio de campo, a qualidade no passe é maior e o time joga mais cadenciado. Além disso, Emerson Sheik tem mais liberdade no ataque, tendo menos responsabilidade na marcação.

Por outro lado, o time aparece menos na área adversária. A saída do camisa 20 para a entrada de Willian muda essa característica. O Corinthians ganha em velocidade e poder ofensivo, apostando nas jogadas pelo lado do campo. Mais incisivo, o esquema aumenta a importância da participação dos homens de frente no sistema defensivo, já que o meio de campo fica mais exposto com um jogador a menos no setor.

'Ocorre exatamente essa situação. Com dois de velocidade, você é mais agudo e a transição da defesa para o ataque é mais rápida. Com o meia, você tem mais posse de bola e chega com mais calma', destacou Xavier.

Desta maneira, Tite pode optar por alternar o esquema na libertadores. Fora de casa, apostar em Danilo para controlar o jogo. Já no Pacaembu, colocar Willian para sufocar os rivais.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes
  • Carille contará com 23 jogadores em Campinas neste domingo

    Corinthians relaciona 23 jogadores para final em Campinas

    ver detalhes
  • Pablo não deve ser problema contra a Ponte Preta

    Pablo dá susto em último treino do Corinthians antes de decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes