Timão faz operação de guerra para pôr Adriano em forma

Timão faz operação de guerra para pôr Adriano em forma

Operação, no dicionário, significa ‘ação de um poder, de uma faculdade, de um agente que produz um efeito’. É justamente isso que o Corinthians quer ver em Adriano. Mobilizando diretoria, comissão técnica, departamento médico e até jogadores há 12 dias, a ‘Operação Adriano’ começa a surtir efeito. Hoje, ela terá mais uma generosa dose de motivação, quando o Imperador começa no banco para o jogo contra seu ex-clube, o Flamengo, no Estádio do Café, em Londrina.

'Estamos dando tudo que for possível para o Adriano entrar em forma e nos ajudar. Ele tem correspondido a isso e nos deixa bem felizes', destacou o gerente de futebol, Edu Gaspar.

Com ações e uma planilha de trabalho especial para o jogador desde o começo de ano, o clube tem feito tudo ao seu alcance no seu dia a dia para enquadrar Adriano aos moldes dos demais companheiros e deixá-lo com ritmo de jogo para a estreia corintiana na Libertadores, dia 15 de fevereiro, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela.
 
Até agora, a resposta tem sido ideal. No último domingo, inclusive, o jogador surpreendeu. Após um treino, o preparador físico Fábio Mahseredjian sugeriu mais uma sessão de trabalho. Ninguém respondeu, pelo cansaço depois da dura atividade. O primeiro que se colocou à disposição foi o Imperador. A seu lado, Alessandro, que tem sido visto como um ‘personal motivador’ do craque.

'Ele tem correspondido às expectativas. Está empolgado', disse Mahseredjian, que no começo da temporada previa o auge físico do atacante para o começo de abril. 'Ele precisa de mais tempo que os outros.'

E não somente os membros da comissão têm dado o suporte necessário ao jogador. O capitão Alessandro é uma espécie de sombra de Adriano durante as atividades. Na última segunda, em um treino físico, no qual os atletas precisavam correr de um lado ao outro do campo durante 40 minutos, o lateral-direito não deixou amigo desistir.

'Vamos, sem descansar, papai! Vamos ficar magrinho (risos)', brincou o capitão, que, logo na sequência, viu uma reação do atacante: ele excedeu o tempo da atividade solicitada.

Com o amistoso desta tarde e o próximo, quarta-feira, contra a Portuguesa, Adriano ganha chances para adquirir ritmo de jogo. Partidas como titular no Paulistão também estão previstas para a recuperação do jogador. Se tudo der certo, a operação vai vingar.

‘Operação Adriano’ com prazo maior para ser executada

A ‘operação Adriano’ não tem um prazo curto para dar ser executada. A estreia do Paulistão, dia 21, contra o Mirassol, não é a prioridade. E nem tanto assim a primeira partida corintiana na Libertadores, dia 15 de fevereiro, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela. Tite sabe que o Imperador precisa de um tempo maior que os demais para readquirir sua melhor forma física.

'Ele (Adriano) terá um tempo maior, um prazo maior e natural, tentando apressar ao máximo essa condição, monitorado por etapas', disse Tite, na última semana.

Para o atacante ir ganhando melhor condição, o técnico alvinegro prevê usar o jogador até como titular em jogos do Paulistão. Para isso, o Imperador já atuou entre os titulares, nos treinamentos da semana.

'Ele sabe o que o espera e por isso tem se dedicado', disse Edu Gaspar.

Até maio, o Timão terá jogos a cada três dias. Motivo e necessidade para Tite usar mais vezes o jogador no período.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians terminou a quarta rodada como líder do Grupo A

    Líder do Grupo A, Corinthians termina rodada um ponto atrás do líder geral

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes