Para recuperar posição, Chicão promete superar parte física com vontade

Para recuperar posição, Chicão promete superar parte física com vontade

Há quatro meses Chicão não disputa duas partidas seguidas como titular do Corinthians. Desde o afastamento por ter abandonado a concentração na véspera do clássico com o São Paulo, em setembro do ano passado, o ex-capitão corintiano só havia enfrentado o América-MG e ficou muitas vezes fora até do banco de reservas. Após voltar ao time contra o Guaratinguetá, na última rodada, o defensor terá enfim a chance de uma sequência contra o Linense, no Pacaembu.

'Eu estou bastante tranquilo. O importante é a oportunidade dada pelo Tite. Eu não abaixei a cabeça quando saí do time, procurei trabalhar para estar sempre pronto. Agora é mostrar meu futebol e reconquistar meu espaço', afirmou o zagueiro ao MARCA BRASIL.

O retorno ao time titular ocorreu apenas porque Paulo André sentiu o ritmo da pré-temporada. E o camisa 14 seguirá sendo o titular quando superar o problema. O técnico Tite já avisou que, a partir do momento em que recuperar a melhor forma física, a vaga voltará ao jogador. Mesmo assim, Chicão quer brigar por seu espaço.

'Para ser sincero, o Tite me conhece bem. Trabalhamos juntos há mais de um ano e pouco. Ele sabe como eu estou e quanto eu posso ajudar. Ele é quem vai decidir, mas vou procurar fazer o meu trabalho para ficar na equipe. Quero conquistar isso', ressaltou o camisa 3.

Mesmo sem estar no auge da forma física, como todo o elenco corintiano, Chicão não procura desculpas.

'Eu acho que a questão física o treinador entende se estiver muito abaixo. Eu estou procurando trabalhar. Claro que é o começo e a tendência é crescer. A parte física tem que superar com vontade', destacou.

Com a chance de ouro nas mãos, ou melhor, nos pés, o zagueiro deu o primeiro passo na sua batalha em grande estilo. Gol sobre o Guaratinguetá e segurança na defesa, no primeiro jogo que o Timão não levou gol na temporada de 2012.

'O gol foi uma consequência do jogo, o mais importante foi mostrar segurança para não tomar gol. O gol acontece, é consequência dos treinos. Foi um gol que vai ficar marcado por eu estar voltando ao time', analisou o zagueiro.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes