Após gol, Emerson nega falta de vontade no Corinthians

Após gol, Emerson nega falta de vontade no Corinthians

Após gol, Emerson nega falta de vontade no Corinthians

Após gol, Emerson nega falta de vontade no Corinthians

O atacante Emerson negou nesta segunda-feira que tenha faltado vibração ao Corinthians na vitória por 1 a 0 sobre o Linense, domingo, no Estádio do Pacaembu, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O jogador mostrou pouca vibração ao marcar o único gol da equipe e foi alvo de reclamações do técnico Tite. Sem querer contrariar o treinador, ele declarou entender a crítica feita após a partida e também culpou a falta de condicionamento físico da equipe.

'Acho que o Tite está com toda razão. Tem que ter mais vibração, comemorar mais, como foi no final do ano passado. Mas vale lembrar que estamos voltando de férias, tivemos uma pré-temporada curta, e foi só o terceiro jogo. É cedo para dizer que falta alguma coisa. Mas a gente está retomando o Corinthians do ano passado', afirmou, em entrevista à TV Bandeirantes.


Emerson, porém, garantiu ter vibrado com o seu gol, ao contrário do que disse Tite. 'Eu comemorei, apontei para o céu, agradeci. Foi a minha comemoração. Os outros vieram comemorando. Acho que foi até muito bonita', disse Emerson, que, brincando, prometeu extravasar na próxima celebração. 'vou correr para caramba. Vou para a galera'.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes