Alex prevê Corinthians no auge em dois meses

Alex prevê Corinthians no auge em dois meses

Apesar das três vitórias, em três partidas pelo Campeonato Paulista, o Corinthians demonstra dificuldade em manter um ritmo de jogo equilibrado durante os 90 minutos. Na estreia, a equipe cresceu de produção no segundo tempo, enquanto nas duas rodadas posteriores o melhor desempenho foi na etapa inicial. O motivo da oscilação continua sendo a parte física.

'Por enquanto sim, eu acredito que seja apenas a parte física. Os adversários ficam muito atrás, o que dificulta. Aí vem o cansaço, que dificulta mais, pois você precisa correr, chutar, passar e pensar ao mesmo tempo. Não tem jeito, falta um pouco de gás', afirmou o meia Alex ao MARCA BRASIL.

Até aí, é um argumento que Tite e a comissão técnica têm apresentado desde o começo da competição, mas que começa a preocupar para o início da Libertadores. Por conta da dificuldade física, o bom futebol do título brasileiro está longe de aparecer. E o pior, faltam apenas 16 dias para a estreia na Libertadores, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela.

'Acredito que vamos estar em uma condição boa. Não gosto de mensurar em 50%, 80% ou 100%, mas acho que vai estar em uma condição melhor que agora. Acho que nosso ápice vai ser em março, abril', comentou o camisa 12 do Timão.

Poupado do amistoso com a Portuguesa por conta de dores musculares, Alex não quer saber de ser preservado nas quatro partidas que antecedem a estreia na Libertadores (Ituano, Bragantino, Mogi Mirim e São Paulo). Mesmo com os problemas físicos do ano passado, o meia quer aproveitar o sacrifício da pré-temporada e se soltar.
'Tudo depende da resposta do corpo. Naquele momento ele pediu para segurar, pois estava com cansaço muscular. Estou feliz com a minha condição física, mas sei que posso melhorar', ressaltou.

Outro motivo para continuar em campo é a busca por um entrosamento maior com Danilo. Diante do Linense, a dupla melhorou de produção. 'Passando o tempo, você pega o ritmo melhor, uma retenção de bola. Você vai criando mais opções a cada jogo e vai entrosando ainda mais', concluiu.

Reportagem Felipe Piccoli e André Pires

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians terminou a quarta rodada como líder do Grupo A

    Líder do Grupo A, Corinthians termina rodada um ponto atrás do líder geral

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes