Corinthians 'preserva' titulares contra o Bragantino

Corinthians 'preserva' titulares contra o Bragantino

Restando dez dias da estreia na Copa Libertadores - contra o Deportivo Táchira, na Venezuela -, o Corinthians, pela primeira vez, vai se poupar. Ou se 'preservar', como prefere o técnico Tite. O departamento físico foi quem escalou o time que enfrenta o Bragantino, neste domingo, às 17 horas, no Pacaembu, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.


Quem for a campo tem o aval do preparador Fábio Mahseredjian, que passa a Tite seus relatórios de desgaste de cada atleta. 'Não posso estourar ninguém', disse o treinador, citando os jogadores mais propensos a contusões musculares. 'O Fábio (Santos), o Danilo, o Alex jogaram os quatro jogos. Gostaria de usar todos, mas não posso', disse o comandante corintiano.

Não é hora, segundo o treinador, de perder nenhum jogador considerado importante à equipe, ainda que isso possa prejudicar o entrosamento. A falta de preparo físico também explica, de acordo com ele, a queda de produção da equipe no segundo tempo dos jogos. Danilo, por exemplo, saiu durante a partida contra o Ituano porque não aguentava mais correr e obedecer as funções táticas de Tite.

Mas o treinador acredita ser possível manter os 100% de aproveitamento no Paulistão e vencer o Bragantino mesmo com mudanças na equipe. 'Quero sempre o progresso, sou exigente e precisamos buscá-lo, mesmo não utilizando a mesma escalação'. De todos os 'baleados', o único que deve entrar em campo é o meia Alex. Na escala dos que podem sofrer uma lesão, ele é o que tem a menor chance.

Mudanças abrem espaço para o técnico usar Ramon na lateral esquerda, Vítor Júnior no meio e Jorge Henrique no ataque. É uma maneira de o banco de reservas mostrar serviço e de alguns jogadores provarem ao treinador que têm condições de disputar a Libertadores.

Um outro fator também preocupa Tite, além da condição física dos atletas: a falta de pontaria e o baixo aproveitamento do ataque. O treinador tem reforçado os treinos de finalização e até cobrado mais calma de alguns atletas. Um exemplo é o atacante Elton, que foi da euforia do gol marcado contra o Mirassol à seca de gols diante do Ituano. Das quatro vitórias no Estadual, três foram com placares mínimos. Isso incomoda o treinador.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Dudu revelou que jogadores do Palmeiras tinham conhecimento de confusão feita pelo árbitro no clássico

    Atacante palmeirense diz por que não avisou árbitro de erro em expulsão de Gabriel

    ver detalhes
  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes