Torcida do Flamengo cria site para pedir volta de Adriano

Torcida do Flamengo cria site para pedir volta de Adriano

Por Meu Timão

Reprodução do site da campanha Volta Adriano

Reprodução do site da campanha Volta Adriano

A torcida do Flamengo está determinada a conseguir o retorno do atacante Adriano. Para isso, os rubro-negros lançaram o site Volta, Adriano, que tenta coletar assinaturas para motivar a recontratação do jogador.

Até as 11h (de Brasília) desta quinta-feira, mais de 20,6 mil torcedores já haviam dado sua contribuição para a campanha. No site, estampado com fotos do jogador durante sua última passagem pelo clube, os fãs podem deixar sua assinatura e fazer divulgação para os amigos, por e-mail ou pelas redes sociais.

Revelado pelo clube da Gávea, o atacante Adriano voltou a vestir a camisa rubro-negra entre 2009 e 2010, conquistando o Campeonato Brasileiro de 2009 e editando dupla de ataque com Vagner Love em 2010 - este, recentemente contratado. A dupla era chamada "Império do Amor", em referência aos apelidos dos jogadores, mas não conquistou títulos.

Atualmente no Corinthians, Adriano sofre para recuperar a forma física no clube paulista, onde não consegue uma sequência de jogos. O presidente licenciado da equipe, Andrés Sanchez, já admitiu em seu discurso que o jogador pode ter sua permanência encerrada em pouco tempo.

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Vitor Hugo publicou vídeo nesta quinta-feira

    Em rede social, Vitor Hugo publica vídeo com pedido de desculpas a Pablo; confira

    ver detalhes
  • Corinthians e Santos ainda não se enfrentaram em 2017

    FPF altera horário do clássico entre Corinthians e Santos na Arena

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto será afastado dos gramados e passará por avaliação na FPF

    Após assumir erro, árbitro de Dérbi é afastado e passa por avaliação na FPF

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes