Corinthians 2 x 1 Palmeiras - Timão derruba invicto e assume liderança!

Corinthians 2 x 1 Palmeiras - Timão derruba invicto e assume liderança!

O Corinthians saiu atrás no placar, mas com uma virada 'relâmpago' no início do segundo tempo conseguiu a vitória por 2 a 1 no clássico diante do Palmeiras, neste domingo, no Pacaembu. Esta foi a primeira derrota da equipe do técnico Luiz Felipe Scolari no Campeonato Paulista, depois de 14 partidas de invencibilidade - contando a Copa do Brasil, já eram 16 jogos sem resultados negativos na temporada.

O Palmeiras ainda perdeu a liderança da competição para o próprio Corinthians, que chegou a 34 pontos, contra 32 do time alviverde, agora segundo colocado. Ambas as equipes, no entanto, podem ser ultrapassadas pelo São Paulo, que tem 31 pontos e ainda joga neste domingo, diante do Mirassol.

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o XV de Piracicaba, 17.º colocado, nesta quarta-feira, às 22 horas, no Pacaembu. Já o Palmeiras vai a Jundiaí, onde enfrenta o Paulista, 9.º, no mesmo dia e horário.

Sem Alex, com dores na coxa direita, o time do técnico Tite sofreu com a falta de criatividade no primeiro tempo. Na etapa final, no entanto, usou justamente uma das principais armas palmeirenses, a bola parada, para conseguir a virada, com gols de Paulinho e Márcio Araújo, contra. Marcos Assunção havia aberto o placar.

Sempre ele!
A partida começou com o Corinthians melhor, tocando bem a bola e explorando, principalmente, o lado direito com Edenilson. Mas o Palmeiras logo se encontrou em campo e passou a dominar as ações.

Aos 8 minutos, os visitantes chegaram pela primeira vez com perigo. João Vitor cruzou na área, a zaga do Corinthians tentou fazer linha de impedimento, mas deixou Barcos sozinho, em posição legal, na marca do pênalti. O argentino cabeceou livre de marcação e jogou para fora.

Neste momento, o Palmeiras já era dono da partida e, três minutos depois voltou a chegar bem. Valdivia sofreu falta na intermediária, na cobrança Marcos Assunção bateu no canto direito de Julio Cesar e a bola passou muito perto. A chance foi um prenúncio do que estava por vir.

Aos 17 minutos, o Palmeiras abriu o placar. Valdivia tocou para Marcos Assunção, que bateu da intermediária. O volante, que costuma ser extremamente eficiente nos chutes de longe, ainda contou com um desvio nas costas de Leandro Castán. A bola encobriu Julio Cesar e tocou no travessão antes de entrar.

O gol fez com que o ritmo da partida diminuísse, mas não os ânimos dos jogadores. Aos 25 minutos, Liedson recebeu bola em impedimento e, ao dividir com o goleiro Deola, acabou acertando-o com a sola da chuteira. O lance gerou confusão e empurrões de ambos os lados. No fim, apenas o atacante levou cartão amarelo.

Atrás no placar, o Corinthians ficava mais com a bola, mas esbarrava na falta de criatividade - problema crônico da equipe ao longo do ano - e não levava perigo ao goleiro Deola. Já o Palmeiras, mesmo diminuindo o ímpeto depois do gol, ainda chegou mais uma vez antes do intervalo. Aos 32 minutos, Barcos recebeu e deu ótimo passe para Valdivia. O chileno conseguiu driblar Julio Cesar, mas tocou muito forte, ficou sem ângulo e acabou chutando para fora.

Timão ligeiro!

Sem criar, o time da casa só poderia chegar ao gol em jogadas de bola parada. O que ninguém esperava é que seriam dois seguidos, logo no início do segundo tempo. Aos 3 minutos, Jorge Henrique bateu falta, a bola tocou na mão de Márcio Araújo e ficou pingando. Na sobra, Paulinho chutou forte, de esquerda, da pequena área, sem chance para Deola.

Três minutos depois, a virada. Outra falta batida pela direita por Jorge Henrique. Desta vez a bola passou por toda a área e, quando ia chegar em Liedson, Márcio Araújo acabou tocando contra o próprio gol.

A virada assustou o Palmeiras e empolgou o Corinthians, que cresceu e passou a controlar a partida. Aos 15 minutos, Emerson recebeu lançamento pela esquerda, pedalou e passou por Leandro Amaro. Na saída de Deola, ele rolou para Jorge Henrique, que chutou em cima de Juninho.

Com ampla superioridade, o time mandante ainda criou mais uma chance aos 19 minutos. Depois de troca de passes perto da área, Paulinho achou Ednilson, que limpou e bateu de esquerda, exigindo grande defesa de Deola. Recuperado do baque pela virada, o Palmeiras respondeu quatro minutos depois. Emerson errou na saída de bola, Cicinho aproveitou e chutou. A bola rebateu na zaga e sobrou para Valdivia, que tocou por cima.

Em busca do empate, o Palmeiras foi para cima, mas parava na defesa do Corinthians, que teve mais uma atuação segura. Aos 42 minutos, um último susto para os corintianos. Marcos Assunção bateu falta da direita e Henrique escorou com muito perigo, rente à trave.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes