Gilsinho tem nova chance no Corinthians

Gilsinho tem nova chance no Corinthians

No rodízio promovido por Tite, Gilsinho já viveu todas as experiências possíveis. Já viajou para um jogo e foi cortado do banco. Já ficou na reserva e não entrou. Já entrou no segundo tempo e foi titular duas vezes, contra o Ituano e Bragantino. O mais difícil para o atacante é, na maioria das vezes, ficar no banco imaginando o que poderia fazer dentro de campo.

'Todos os jogadores querem estar jogando. Ninguém quer estar no banco. Quem está fora fica sofrendo, fica na torcida pelos companheiros que estão dentro de campo. A gente fica conversando sobre os jogos e as situações, mas sempre concentrado para quando o professor chama', comentou Gilsinho, em conversa com o MARCA BRASIL.

Na disputa sadia entre os homens de frente do Timão, Gilsinho conseguiu cavar seu espaço aos pouquinhos. Seu gol e boa atuação contra o Comercial lhe garantiram uma posição à frente de Willian, que ficará no banco.

'A competição dentro do grupo é saudável. O Tite sempre passa para treinar sério, para quando chegar a oportunidade, estar bem e não sair mais', ressaltou. Afinal, chega de ser cortado.

'Nenhum jogador gosta de ser cortado. Entendo a comissão técnica que precisa levar um ou dois jogadores a mais. Tem que estar com a cabeça boa. Tiveram jogos que fui cortado, mas agora vou jogar', disse.

O fato de ser titular é uma nova porta que se abre para Gilsinho convencer Tite. Quando entra no decorrer das partidas, o tempo é curto.

'Tenho que fazer o que faço quando entro. Vou ter mais tempo para demonstrar meu futebol para o Tite. Tenho que jogar com a mesma determinação, velocidade e tentando lances individuais', destacou.


Reportagem de André Pires e Daniel Carmona

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes