Oeste 0 x 3 Corinthians - Liedson desencanta na vitória do Timão

Oeste 0 x 3 Corinthians - Liedson desencanta na vitória do Timão

Presidente Prudente, SP, 31 (AFI) - O Corinthians assumiu a liderança provisória do Campeonato Paulista neste domingo depois de vencer o Oeste por 3 a 0, em Presidente Prudente. O jogo marcou o fim da má fase de Liedson, que fez dois gols e encerrou um jejum de mais de quatro meses sem marcar em jogos oficiais. Por sua vez, Douglas, que recebeu uma chance entre os titulares, novamente não correspondeu. Willian, que entrou no lugar do meia, marcou o segundo gol alvinegro e ganhou moral com Tite.


Para fechar a rodada em primeiro, o Corinthians depende de um tropeço do São Paulo contra o Ituano, logo mais, no interior. Com a vitória deste domingo, o time alvinegro foi a 40 pontos, contra 37 da equipe tricolor, 36 do Santos e 35 do Palmeiras. Nas duas últimas rodadas, o Corinthians ainda joga contra Paulista (domingo que vem, no Pacaembu) e Ponte Preta (uma semana depois, em Campinas).

Já o Oeste perdeu as chances matemáticas de se classificar para as quartas de final do Paulistão. Com 19 pontos, o time de Itápolis (que mandou a partida deste domingo em Presidente Prudente para ter mais renda), fica no 14.º lugar, ainda correndo risco de rebaixamento.

O jogo
Sem Jorge Henrique e Alex, vetados pelo departamento médico, Tite resolveu dar nova chance a Douglas, mas o armador decepcionou. Responsável pela criação no meio-campo, o ex-gremista viu as principais jogadas de ataque do time alvinegro no primeiro tempo nascerem de erros de saída de bola do Oeste.

Na primeira delas, aos 9 minutos, Emerson deu o bote, Liedson recebeu, devolveu para o companheiro de ataque, mas este dominou mal, deixou a bola correr e, quase sem ângulo, chutou em cima do goleiro. Depois, aos 27, Emerson aproveitou passe errado na defesa rubro-negra, se aproximou da área e arriscou de longe. A bola passou raspando a trave direita.

Pouco depois, aos 32, o lateral-direito Neno puxou Paulinho, recebeu o segundo amarelo e o consequente cartão vermelho. Mesmo com um jogador a mais em campo, o Corinthians não conseguiu mais chegar com perigo ao gol do Oeste até o intervalo. Já o time do interior só não abriu o placar nos acréscimos porque Chicão conseguiu travar Marcinho Beija-Flor quando o atacante se arrumava para encher o pé cara a cara com Julio Cesar.

Em 10 minutos do segundo tempo o Corinthians fez mais do que nos 45 minutos iniciais. Zé Carlos já havia praticado duas defesas desde o intervalo quando Liedson abriu o placar. Em cobrança ensaiada de escanteio, Emerson recebeu toque curto de Douglas, chutou cruzado, e o centroavante apareceu no meio da pequena área para escorar para o gol. Desde novembro do ano passado o luso-brasileiro não balançava as redes em jogos oficiais.

Apagado no jogo, Douglas saiu para a entrada de Willian. E o atacante precisou de apenas de quatro minutos para fazer o que o meia não conseguiu: mostrar serviço ao técnico Tite. Aos 18, ele recebeu de Liedson, bateu no canto de Zé Carlos e fez 2 a 0.

Com vantagem numérica em número de jogadores e no placar, o Corinthians controlou o jogo dali até o fim. No contra-ataque, ainda fez o terceiro, com Liedson, que recebeu de Ramirez, ficou cara a cara com o goleiro e bateu sem chances de defesa. Nos acréscimos, o atacante teve a chance de fazer mais um, depois de Ramirez acertar a trave. Mas o luso-brasileiro tentou de calcanhar, sem força, e a bola nem chegou no gol.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Felipe, Malcom e Gil foram vendidos pelo Corinthians em 2016

    Venda de atletas e luvas da TV fazem Corinthians ter maior arrecadação da história em 2016

    ver detalhes
  • Diga xis! Confira o novo álbum 3x4 do elenco do Corinthians

    Diga xis! Confira o novo álbum 3x4 do elenco do Corinthians

    ver detalhes
  • Danilo treinou com bola no campo; meia é preparado para o Brasileirão

    Danilo trabalha com bola e fica perto da volta; veja o que rolou no dia do Corinthians

    ver detalhes
  • Pablo, em ação contra o Botafogo-SP na Arena

    Pablo pede lisura em julgamento de Fagner: 'Outros merecem também'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes