Retaliação: Polícia prende vice-presidente da Mancha e mais dois

Retaliação: Polícia prende vice-presidente da Mancha e mais dois

Retaliação: Polícia prende vice-presidente da Mancha e mais dois

Retaliação: Polícia prende vice-presidente da Mancha e mais dois

' A Polícia Civil de São Paulo prendeu na manhã desta quarta-feira de manhã mais três torcedores integrantes da torcida organizada do Palmeiras Mancha Alviverde. Os três são acusados de participar do confronto com integrantes da Gaviões da Fiel antes do clássico entre Corinthians e Palmeiras, no último dia 25 de março. Um dos integrantes da organizada que foi preso é Lucas Lezo (ao meio), vice-presidente da Mancha e irmão de André Lezo (à esq.), morto durante a briga generalizada.

Lucas é o segundo integrante da família Lezo a ser preso pela polícia. Tiago Lezo (à dir.) cumpre prisão preventiva sob a acusação de participação do confronto na Avenida Inajar de Souza, na Zona Norte de São Paulo. A polícia encontrou na residência de Tiago um canivete, cassetete e munição de arma de fogo.


As três prisões desta quarta-feira totalizam 10 apreensões feitas pelo Departamento de Homicídos e Proteção à Pessoa, em conjunto com o Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância). Nove dos presos são integrantes da Mancha Verde e um Gaviões da Fiel.



Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes