Melhor defesa da América tem a missão de dar a vaga ao Corinthians na Libertadores

Melhor defesa da América tem a missão de dar a vaga ao Corinthians na Libertadores

Leandro Castán demonstra segurança na defesa do Corinthians

Leandro Castán demonstra segurança na defesa do Corinthians

Com respaldo nos números da sua consistente defesa na disputa da Libertadores, a missão corintiana - contra o Nacional, às 22h, no Estádio 3 de Febrero, em Ciudad del Este, no Paraguai - não é das mais difíceis. Ao lado do Fluminense, o Timão tem o melhor sistema defensivo da América, com apenas um gol sofrido, em quatro partidas. Nesta noite, quando a bola rolar, é só Chicão, Leandro Castán, Júlio César & Cia. repetirem a solidez para o Alvinegro garantir vaga às oitavas de final do torneio continental. Um empate coloca o Timão na próxima fase.

O Timão atualmente é o segundo colocado do Grupo 6, com oito pontos, os mesmos do Cruz Azul-MEX, porém, com saldo menor que o rival direto (quatro contra três). O time mexicano, no entanto, tem um jogo a mais no torneio.

'Vamos continuar trabalhando para que seja assim mais vezes (não tomar gols). Até porque quando não tomamos gols, há uma tranquilidade maior para o pessoal marcar lá na frente', disse o zagueiro Leandro Castán.

'Sabemos quando a gente não toma gol lá trás, a chance de ganhar aumenta porque é difícil nosso ataque passar em branco', completou Fábio Santos.

Com a marca positiva na defesa, caberá ao ataque trazer, além do carimbo nas oitavas, os três pontos almejados. Isso porque uma vitória, somado a tropeços de outros rivais, pode dar ao Timão a chance do clube se tornar o primeiro colocado geral ao término da primeira fase. O Alvinegro tem 8 pontos somados, em quatro jogos, contra 12 do Fluminense - melhor do torneio no momento.

'Queremos somar o máximo de pontos que der', concluiu Tite.

Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes