‘Frankenstein’ Cássio fica com a vaga de titular do Timão

‘Frankenstein’ Cássio fica com a vaga de titular do Timão

A meta corintiana já tem um novo dono. Com estilo completamente diferente, com cabelo cumprido e faixa na cabeça, o ‘Frankenstein’ venceu a disputa com Danilo Fernandes. Com apenas uma partida como titular do Corinthians, Cássio assume a responsabilidade de substituir Júlio César diante do Emelec-EQU pela Libertadores.

Aos 24 anos, o goleiro é bastante rodado no futebol, apesar de não ter se firmado nos clubes pelos quais passou. Iniciou como uma ótima promessa do Grêmio, em 2006, e foi campeão sul-americano sub-20 pela seleção brasileira, em 2007. O destaque lhe garantiu uma proposta do PSV Eindhoven, da Holanda, e lá ficou escondido. Foi emprestado para o Sparta Roterdã-HOL e foi encontrado pelo Corinthians, quando estava encostado na Europa.

'Ele precisava adquirir a forma física e técnica. Adquiriu e foi para o jogo bem. Os trabalhos deles são bons, revezou alguns momentos no banco. Tem a experiência internacional do jogador e a boa envergadura. Vive um bom momento técnico, isso tudo é levado em consideração', explicou Tite.

Pesou muito para a definição por Cássio a maneira de atuar do Emelec. Com forte jogo aéreo, os equatorianos insistem muito na bola alçada e o novo titular é a opção mais alta (1,95m contra 1,85m de Júlio e 1,88m de Danielo). Este fato foi analisado desde a contratação dele, no começo do ano.

'Eu sei a história do Cássio. Buscamos uma série de informações de que ele estava sendo preparado para ser o titular do Grêmio. Por uma oportunidade, foi para o exterior, mas sempre soubemos da qualidade dele', ressaltou.

A opção por Cássio fez com que Tite barrasse dois goleiros que têm mais tempo de clube. Júlio César tem 132 jogos, enquanto Danilo Fernandes disputou 10 como titular, mas está no Timão desde as categorias de base.

'Penso essencialmente o que é melhor para o Corinthians, no momento. Quando coloco a cabeça no travesseiro eu penso no Corinthians. Aí, eu decido', disse.

E a decisão por Cássio teve a opinião de Mauri Lima, preparador de goleiros do Corinthians, mas quem bateu o martelo foi Tite.

'Eu ouço, porém, eu defino. Tenho um jogador pela característica com uma envergadura e saída do gol importante. Os dois estavam treinando bem. Uma das coisas que eu procuro ter é observar muito. Eu consigo fazer leitura dos gestos dos atletas', afirmou.


Reportagem de André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Jadson treinou nesta quinta-feira e não será problema para final no Moisés Lucarelli

    Jadson volta, e Carille ensaia escalação do Corinthians para primeira decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Fiel esgotou bilhetes colocados à venda no Fiel Torcedor

    Em menos de uma hora, torcida do Corinthians esgota ingressos para decisão do Paulista

    ver detalhes
  • Estreia da camisa preta será neste domingo, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli

    Corinthians define data de estreia do novo uniforme reserva

    ver detalhes
  • Jô marcou o gol legal ainda no primeiro tempo do Majestoso na Arena

    Após polêmica, Lucas Pratto admite toque na bola em gol do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes