Federação protege time de Moon e desmoraliza acesso à Série A1

Federação protege time de Moon e desmoraliza acesso à Série A1

Nem mesmo o grande poder que adquiriu na CBF a partir do acesso à presidência daquela entidade de José Maria Marin fez com que o presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, preservasse o que resta de dignidade nas disputas do futebol do interior do seu Estado.


As finais do Campeonato da Série A2 que poderiam ser um momento de festa e ponto alto da disputa acabou oferecendo espetáculo melancólico.

Com a definição do acesso das quatro equipes que disputarão a Série A1 do Campeonato Paulista de 2013, São Bernardo, Penapolense, Barbarense e o Atlético de Sorocaba, vivemos uma das páginas mais tristes, desde que Roberto Gomes Pedrosa fundou a FPF em 1942.

A proteção escandolosa ao Atlético de Sorocaba é algo que assombra pela audácia.

Nada contra os acessos de São Bernardo, Barbarense e Penapolense, embora este último tenha sido uma grande zebra. As grandes apostas eram os times do Red Bull e do Audax - ex-Pão de Açúcar.

Escândalo em Sorocaba
Já o jogo que decidiu a volta do Atlético de Sorocaba à principal divisão do futebol paulista foi um verdadeiro escândalo. Atuando contra a Barbarense, o Atlético perdia até os 40 minutos do segundo tempo por dois a zero. Foi quando o árbitro Luciano Alves de Lima, através de suas intervenções, influenciou completamente o resultado da partida, expulsando nada menos que 3 (três) jogadores da Barbarense e marcando um pênalti a favor da equipe de Sorocaba aos 52 minutos do segundo tempo.

Ligado ao Reverendo Moon desde que era apenas vice-presidente da FPF, Marco Polo Del Nero transformou-se com o tempo não apenas em seu advogado como também numa espécie de representante do mesmo junto às esferas políticas e esportivas do país. Nada contra os critérios do profissional Marco Polo Del Nero escolher os seus clientes. Isso diz respeito somente a ele.

Mas não há explicação plausível para que ao assumir a presidência da FPF ele continue umbilicalmente ligado a um de seus filiados. E ainda mais quando este filiado, segundo todos aqueles que acompanharam as finais da Série A2 foi beneficiado dentro do campo.

É difícil a vida dos clubes da Série A2, que hoje em dia recebem quase nada de apoio da entidade. Principalmente se comparado com o que ocorria num passado não muito distante, antes da FPF ser dirigida pela dupla Marco Polo/Reinaldo Carneiro Bastos.

Apoio mesmo sempre teve a Seita do Reverendo Moon. Há alguns anos, Marco Polo Del Nero chegou mesmo a organizar uma caravana de dirigentes e jornalistas ao exterior, com todas as despesas pagas, a fim de apresentar as obras do lider religioso na Coréia e nos Estados Unidos.

O último milagre do profeta Moon
Sun Myung Moon, nascido em 1920 na aldeia de Jung Su no que é hoje a Coréia do Norte, transferiu-se para os Estados Unidos. Lá, por questões fiscais e tributárias, teve problemas sérios com a Justiça e chegou a ser preso em 1984. Tudo é muito misterioso na vida deste personagem que há mais de 15 anos adquiriu 47.000 hectares de terra em Mato Grosso do Sul.

Hoje, ninguém sabe qual a extensão de sua propriedade, Nova Esperança, em nosso país. Há quem fale em mais de 200.000 hectares. O empresário-religioso também é uma incógnita, pois ele divide seu tempo entre uma estância no Uruguai, a grande Fazenda no Mato Grosso do Sul e uma casa em New York. Sempre acompanhado de Hak Ja Han, sua terceira esposa.

O principal fundamento de sua Seita é igualmente polêmico ao extremo: a de que 'Jesus Cristo fracassou na sua vinda à terra'. É isto o que está li-te-ral-men-te escrito em seus dogmas oficiais. Por este raciocínio e pela sua pregação, o 'o Reverendo é o único e verdadeiro Profeta, que veio salvar a humanidade'.

Pode-se discordar ou não da tese com relação aos mortais comuns. Será sempre uma questão de fé e de fôro íntimo de cada um.

Mas, para o Atlético de Sorocaba, isto não se pode negar, o Reverendo tem realizado verdadeiros milagres dentro do campo, através de seus amigos da FPF.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Em jogo disputado, Corinthians encarou o Mirassol e venceu por 3 a 2

    Corinthians vence Mirassol em jogaço de cinco gols

    ver detalhes
  • Maycon teve desempenho elogiado em Mirassol; Dupla de zaga não deixou a desejar

    Dupla da base brilha e empata na disputa de melhor jogador contra Mirassol; Bastos decepciona

    ver detalhes
  • Jogadores comemoram gol em Mirassol

    Mais vitórias, menos derrota... Corinthians chega aos 15 pontos e é o melhor do Paulistão-17

    ver detalhes
  • Arena Corinthians receberá evento especial antes de confronto com o Santos

    Em clima de Carnaval, Corinthians anuncia 'esquenta' na Arena antes de clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes