Corinthians inicia mata-mata da Libertadores: 'Agora é guerra', avisa Ralf

Corinthians inicia mata-mata da Libertadores: 'Agora é guerra', avisa Ralf

Ralf garante que todas as partidas serão encaradas como decisões

Ralf garante que todas as partidas serão encaradas como decisões

A primeira batalha da guerra para o Corinthians avançar na Libertadores começa nesta quarta-feira, às 21h50, contra o Emelec-EQU, no estádio George Campwell, pelas oitavas de final da competição.

'A partir de agora é guerra. Na Libertadores, temos que entrar com esse espírito sempre e vamos fazer isso, com certeza', ressaltou Ralf, um dos soldados de Tite para tentar deixar Guayaquil, no Equador, com a classificação encaminhada para decidir no Pacaembu, no dia 9 de maio.

'Temos que jogar com muita raça, como a gente vem fazendo na temporada, para conseguirmos um bom resultado contra o Emelec. A gente sabe que vai ser difícil, mas o Tite já nos passou muita coisa deles e a gente sabe como fazer para ir bem na partida', disse Ralf, em entrevista ao MARCA BRASIL.

Para avançar para a próxima fase da competição, Ralf lembra: é preciso encarar todo jogo como uma decisão para não se surpreender. Entretanto, o camisa 5 faz um alerta.

'A gente sabe que eles vão entrar muito motivados e com tudo para ganhar da gente, mas não podemos entrar no clima deles. Temos que encarar como uma decisão e temos que fazer o nosso melhor', lembrou Ralf.

O clima de conflito entre as duas equipes começou a aflorar ainda fora das quatro linhas. Nesta terça, o Corinthians entrou em pé de guerra com o Emelec para tentar realizar um treino no estádio George Campwell. O clube equatoriano alegou, por causa da chuva que caiu na cidade, que o estado do gramado poderia ficar afetado para o jogo e impediu a atividade. O técnico Tite, porém, insistiu e levou o grupo para o local.

'Estou calejado, não adianta querer criar um clima de outra forma ou tirar benefício disso. Quero preparar a equipe e sair com um grande resultado', disse Tite, que constatou a má qualidade do gramado e levou sua delegação para treinar, no fim da noite, no CT Cidade Desportiva Carlos Perez, que é propriedade da Prefeitura de Guayaquil.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero corre risco de ver Santos se aproximar

    Corinthians mantém diferença, mas tem de secar rival nesta quinta; veja classificação atualizada

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi eleito o pior em campo

    Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

    ver detalhes
  • Kazim discutiu com torcedor do Corinthians durante aquecimento

    Kazim discute com torcedor na Arena Corinthians durante duelo contra Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes