Portuguesa pode receber pacotão do Corinthians em troca de Guilherme

Portuguesa pode receber pacotão do Corinthians em troca de Guilherme

Desde o começo do ano que o Corinthians demonstrou interesse em contar com o futebol do volante Guilherme, um dos destaques da Portuguesa na campanha do título do Campeonato Brasileiro da Série B. Em baixa no Canindé, o jogador voltou a entrar em pauta no Timão, que poderia até mesmo um pacotão para a Lusa, com cinco jogadores e uma quantia em dinheiro.


A diretoria da Portuguesa já disse Guilherme só deixaria o clube mediante ao pagamento da multa rescisória, que é de 6 milhões de euros. No entanto, o Corinthians tenta convencer a Lusa envolvendo alguns jogadores da negociação e teria enviado uma lista com os seguintes nomes: o goleiro Júlio César, o lateral-esquerdo Ramon e os meias Ramirez e Lulinha, além da ida em definitiva do zagueiro Renato e do volante Boquita, que já estão emprestados.

Desses, a situação mais complicada é a de Júlio César. Após a informação de que ele teria sido oferecido à Portuguesa, a diretoria do Corinthians soltou uma nota oficial, através do gerente de futebol Edu Gaspar, descartando a possibilidade do goleiro, que foi para a reserva depois das falhas contra a Ponte Preta nas quartas de final do Paulistão, ser emprestado para o time do Canindé. No entanto, o vice-presidente da Lusa, Luis Iaúca, disse que ele foi oferecido.

Enquanto isso, Ramon e Ramírez não estão sendo aproveitados pelo técnico Tite e poderiam ser incluídos na negociação. O mesmo acontece com Lulinha, que está emprestado para o Bahia até o final da temporada, mas uma clausula no contrato permite sua saída assim que o Corinthians pedir. Renato e Boquita também estão entre os titulares de Geninho e a Lusa dificilmente prorrogaria seus empréstimos para a sequência da temporada.

Após se destacar com a camisa da Portuguesa no ano passado, Guilherme não repetiu as boas atuações neste início de temporada e viu a situação ficar ainda mais complicada com o rebaixamento do clube para a Série A2 do Paulista. O volante foi o principal alvo dos torcedores e chegou até mesmo a ser ameaçado por integrantes de uma torcida organizada. Alegando insegurança, faz uma semana que não comparece aos treinamentos.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes