Alex é a arma do Corinthians para avançar na Libertadores

Alex é a arma do Corinthians para avançar na Libertadores

1.1 mil visualizações 17 comentários Comunicar erro

As virtudes de um campeão nunca devem ser menosprezadas. Ainda mais num momento decisivo. Por isso, o meia Alex surge como uma das principais armas do Corinthians para o importante jogo desta quarta-feira, às 22h, no Pacaembu, contra o Emelec-EQU, em partida de volta das oitavas de final da Libertadores - o jogo de ida foi 0 a 0, no Equador, e, por isso, quem vencer por qualquer placar leva a vaga, em caso de empate sem gols, a decisão vai para os pênaltis e, se o empate for com gols, a vaga é equatoriana.

Titular na posição que era de Jorge Henrique, expulso no primeiro jogo, em Guayaquil, o camisa 12 sabe muito bem o caminho para se conquistar a América, já que sentiu este gosto especial quando defendia o Internacional, na campanha vitoriosa de 2006. Assim, não só dentro de campo com sua qualidade técnica, mas, também, fora dele, será o alicerce de Tite para acalmar os ânimos dos jogadores antes e durante o jogo que pode pôr o Timão nas quartas de final.

'Não vamos fugir das nossas características. Temos que procurar ter intensidade, mas tudo isso com responsabilidade, sem deixar espaços. Teremos 90 minutos para procurar a vitória', avisa o meia Alex, em entrevista ao MARCA BRASIL.

Experiente e calejado na principal competição continental, o meia vai além. Sabe que, pelo histórico corintiano de dissabores em edições da Libertadores, a paciência para não pôr tudo a perder é, talvez, a principal receita para esta quarta-feira.

'Pode ser que as coisas não aconteçam rapidamente, então a paciência pode ser a chave para conseguirmos o resultado esperado', relembra o meia.

E as lições tiradas de um dos principais momentos de sua carreira não param por aí. O camisa 12 do Timão tem outra carta na manga que pode ser muito útil durante os 90 minutos da batalha no Pacaembu: na Libertadores, nunca é possível subestimar os rivais.

'Não vamos subestimar o Emelec de forma alguma. Eles têm uma equipe extremamente guerreira. Foi jogando dessa forma que chegaram até essa decisão e merecem todo nosso respeito', enfatiza o jogador.

As dicas do campeão estão na mesa e serão ditas durante todo o dia e na preleção. Agora, basta colocá-las em prática para que o sonho siga vivo.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Thiaguinho é um dos mais cotados a substituir Maycon no Corinthians

    Emprestados, contratação e opções no elenco: a 'volância' do Corinthians pós-Maycon

    ver detalhes
  • Ralf marcou o gol do Corinthians no empate de 1 a 1 contra o Deportivo Táchira

    Corinthians e Libertadores-2012 animam internautas após tropeço do Brasil na estreia da Copa

    ver detalhes
  • Maycon assinou com o clube ucraniano e já posou para fotos com a nova camisa que defenderá

    Maycon deixa Corinthians e assina contrato de cinco anos com Shakhtar Donetsk

    ver detalhes
  • Evento de Low Parking na Arena Corinthians

    Arena Corinthians volta a receber evento de carros personalizados; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes