Edenílson deixa estádio de muletas e preocupa médicos do Timão

Edenílson deixa estádio de muletas e preocupa médicos do Timão

760 visualizações 12 comentários Comunicar erro

Edenílson se transformou na grande dúvida do Corinthians para as quartas de final da Taça Libertadores. O jogador torceu o pé esquerdo no primeiro tempo da vitória por 3 a 0 sobre o Emelec, nesta quarta-feira, no Pacaembu (veja os melhores momentos do jogo no vídeo ao lado), e preocupa o departamento médico. Há até suspeita de fratura.
O jogador deixou o estádio com uma proteção no local e sendo amparado por muletas. Ele deve fazer um exame na sexta-feira para que o departamento médico possa detectar se o problema é grave.

– Ele está sentindo bastante e precisamos avaliar para saber qual é o problema. Precisamos esperar o local desinchar. Pode ser que ele tenha tido até uma pequena fratura – afirmou o médico Júlio Stancati.
Caso Edenílson fique afastado para fazer tratamento, o técnico Tite deve promover a volta de Alessandro à lateral direita. Ele entrou na etapa final em substituição ao companheiro e surge como a primeira opção. A outra é Weldinho, que também estava no banco de reservas nesta quarta.

Fonte: Globo Esporte

Enviado por: Márcio

Veja Mais:

  • Rodriguinho comemora golaço na Arena Corinthians

    Com golaço e até 'nó tático', Corinthians detona Palmeiras e vence primeiro Dérbi de 2018

    ver detalhes
  • Abraçado pelo elenco na foto, Rodriguinho também ganhou carinho da Fiel no Notas da Torcida

    Rodriguinho brilha em campo e Carille fora: Fiel elege craques do Corinthians no Dérbi

    ver detalhes
  • Fábio Carille estreou novo esquema tático na vitória do Corinthians sobre o Palmeiras

    Carille admite 'passinho pra trás', festeja novo esquema, mas cogita mudança na estreia da Liberta

    ver detalhes
  • Lance que originou a expulsão de Jaílson deixou um corte na perna do volante do Corinthians

    'Tá aí a prova': Sangrando, Renê Júnior mostra corte que resultou em pênalti e expulsão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes