Timão conta com a força do Pacaembu para eliminar o Vasco

Timão conta com a força do Pacaembu para eliminar o Vasco

Futebol é algo que engloba, primeiramente, a técnica dos times. Mas, nem por isso, outros fatores existentes como o peso de uma camisa ou de uma torcida deixam de ser importantes. E é nisso que os jogadores corintianos se debruçam para o jogo de volta contra o Vasco, na próxima quarta-feira, que pode selar a ida do Timão para a semifinal da Libertadores. O fator casa, sempre preponderante na história alvinegra, mais uma vez, terá de ser exercido em prol do prosseguimento no torneio.

E, num grupo onde existem jogadores com pouco tempo de clube, como o goleiro Cássio, e outros que já estão totalmente identificados, como o zagueiro Chicão, todos são unânimes: a força do Pacaembu empurra o time em campo.

'Claro que o caldeirão da Fiel pode ajudar. A gente sempre teve o apoio do nosso torcedor, até mesmo fora de casa, e sabemos que no Pacaembu somos muito fortes', avisa o volante Ralf, um dos símbolos da atual raça corintiana.

'A gente acredita na mítica do Pacaembu porque a confiança está aumentando a cada jogo que passa', relembra o zagueiro Chicão, velho conhecido da Fiel, já que atua pelo Corinthians desde o ano de 2008.

É óbvio que a equipe precisa fazer seu papel, mas a grande ajuda das arquibancadas, atrelada ao ótimo retrospecto do Timão, em casa, nesta Libertadores, e também contra o Vasco historicamente, é sempre bem-vinda.

'Sem dúvidas, jogamos todas as nossas fichas no apoio do torcedor, pois sabemos que vai ser do primeiro ao último minuto', diz Fábio Santos.

'Isso é um fator a mais e temos que aproveitar que temos essa vantagem de decidir em casa', enfatiza o volante Paulinho, corroborando com seus companheiros.

'A força da Fiel não é de hoje e sabemos disso', destaca Cássio, o mais novo de casa dos atuais titulares. Com esse espírito, Alex deixa a Fiel tranquila e manda o recado: 'Vamos para cima. Agora, não tem para onde correr mais.'
 

Reportagem de Felipe Piccoli e Juliano Macedo

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes