Com boa parte da pena cumprida, goleiro Bruno está perto de ganhar liberdade

Com boa parte da pena cumprida, goleiro Bruno está perto de ganhar liberdade

Com boa parte da pena cumprida, goleiro Bruno está perto de ganhar liberdade

Com boa parte da pena cumprida, goleiro Bruno está perto de ganhar liberdade

Contagem, MG, 23 (AFI) - Nos próximos dias, o goleiro Bruno (foto) pode finalmente voltar a pensar em ter uma vida fora do presídio. De acordo com o advogado Rui Pimenta, o ex-camisa 1 do Flamengo depende de apenas um julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) para receber liberdade.


Preso desde 2010, Bruno foi condenado há quatros anos e meio de prisão e já cumpriu um ano e dez meses, pouco mais de um terço da pena, o que garante o direito legal para pedir progressão da pena condicional.

'Não temos dúvidas de que a liberdade condicional vai ser concedida. Estamos aguardando que no máximo em 30 dias o STF julgará o caso. O processo original chegou às mãos do juiz e ele confirmou a liberdade condicional. Dependemos apenas do STF', afirmou Rui Pimenta, defensor do jogador.

O processo está nas mãos do juiz Afonso José de Andrade. Com bom comportamento e sem cometer nenhuma ocorrência grave na penitenciária, ele não deve ter problemas para conseguir a condicional. Nesta quinta-feira, Rui estará em Brasília para avaliar o andamento do processo.

Bruno acabou sendo julgado pelos crimes de cárcere privado, lesão corporal e constrangimento ilegal contra Elisia Samudio, sua ex-amante, que segue desaparecida. O jogador ainda é acusado por homicídio triplamente qualificado, crime cometido com requintes de crueldade.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes