O Vasco ajudou o Corinthians ter a segunda maior renda desde a criação do real

O Vasco ajudou o Corinthians ter a segunda maior renda desde a criação do real

A venda de ingressos gerou R$ 2.723.055 na partida contra o Vasco

A venda de ingressos gerou R$ 2.723.055 na partida contra o Vasco

O Corinthians registrou a segunda maior renda de sua história desde a criação do real, em 1994, na partida desta quarta contra o Vasco. A venda de ingressos gerou R$ 2.723.055. Por pouco, não foi batido o recorde de R$ 2.949.424 atingido contra o Flamengo, em 2010, pelas oitavas de final da Libertadores.

A torcida do Vasco ajudou o time paulista a superar a segunda melhor marca anterior, os R$ 2.286.061 obtidos na partida contra o Emelec nas oitavas-de-final. Os vascaínos compraram todos os seus ingressos, enquanto poucos equatorianos foram ao Pacaembu.

Nas semifinais, a diretoria do Corinthians não tem a garantia de que conseguirá bater o recorde. Principalmente por causa dos descontos oferecidos em seu programa de fidelidade para o sócio-torcedor.

O preço médio cobrado por ingresso no jogo de 2010 contra o Flamengo foi R$ 82,9. Nesta quarta, o valor médio foi de R$ 75,6, o que explica a dificuldade que o alvinegro terá para quebrar o recorde, já que os dirigentes prometeram não aumentar os preços.

Fonte: Blog Perrone

Enviado por: Leonardo

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes