Libertadores: Universidad de Chile avança à semifinal da Libertadores

Libertadores: Universidad de Chile avança à semifinal da Libertadores

As semifinais da Copa Libertadores estão definidas. De um lado, um duelo brasileiro entre Corinthians e Santos. Do outro, a Universidad de Chile se classificou nesta quinta-feira para enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, depois de eliminar o Libertad, do Paraguai, com a vitória por 5 a 3 na disputa por pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal, no estádio Nacional, em Santiago. Na partida de ida, em Assunção, na semana passada, também houve uma igualdade em 1 a 1.


Nesta quinta, a Universidad de Chile saiu na frente no placar com um gol de falta, que passou por baixo da barreira paraguaia, do meia Díaz, aos 18 minutos do primeiro tempo. Cinco minutos depois, o Libertad conseguiu o empate com um gol contra do zagueiro González, após falta cobrada pelo lado direito do ataque visitante.

Na semifinal, a Universidad de Chile leva vantagem sobre o Boca Juniors. Assim, a partida de ida, provavelmente no dia 13 de junho, acontecerá no estádio La Bombonera, em Buenos Aires. A volta, na semana seguinte, será no estádio Nacional, em Santiago.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Rodriguinho enfrenta o Patriotas na Colômbia; fora Gabriel, Carille promove quatro novidades

    Em treino na Colômbia, Carille define escalação do Corinthians para jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    ver detalhes
  • Romarinho foi protagonista da final da Libertadores há cinco anos

    Viraliza na web versão de gol do Romarinho narrado por Galvão Bueno; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes