Na escolinha do professor Tite, aulas para recuperar o ataque do Timão

Na escolinha do professor Tite, aulas para recuperar o ataque do Timão

Começou a recuperação para o ataque corintiano na ‘escolinha’ do professor Tite. Como não atingiram as médias esperadas pelo comandante alvinegro nas suas finalizações ao gol e na efetividade nas partidas, os alunos Emerson, Jorge Henrique, Willian, Liedson e Elton terão atenção redobrada nos dias que antecedem a próxima prova, contra o Figueirense, dia 7 de junho, pelo Campeonato Brasileiro.

'Esse período sem jogos será importante para aprimorarmos a finalização, que é um fundamento que estamos deixando a desejar. Tivemos volume no domingo, jogamos bem na minha análise, mas não traduzimos em gols. Faltou colocar a bola na redinha, que é o que temos que melhorar', destaca o ‘professor’ Tite.

E a cobrança do treinador é mais do que necessária no momento. Faz seis jogos que os atacantes não conseguem balançar as redes. O último foi na derrota por 3 a 2 para a Ponte Preta, nas quartas de final do Paulistão, quando Willian fez o segundo tento alvinegro.

Mais do que isso, as conclusões a gol dos atacantes não têm a mesma efetividade dos desarmes da defesa - a melhor da Libertadores, com dois gols tomados, em dez jogos. Até aqui, na competição continental, o time fez 103 finalizações de um total de 165 (62,4%). E nos dois jogos do Brasileirão foram 18 erros em 27 chutes.

'Nós estamos tendo volume de jogo, inclusive no Brasileiro, tanto que tivemos 62% de posse de bola contra o Atlético-MG (derrota por 1 a 0, no domingo). Faltou efetividade e vamos treinar isso especificamente nesses dias antes do jogo contra o Figueirense', explica Tite, que ainda pretende marcar um jogo-treino para os reservas ganharem ritmo de jogo.

'Já os reservas ainda precisam pegar ritmo e terão um jogo-treino pela frente', confirma o comandante.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Júnior Dutra assinou com o Corinthians até dezembro de 2019; único reforço confirmado

    Exato um mês após o título brasileiro, Corinthians tem só um reforço; três são os motivos

    ver detalhes
  • Corinthianos foram presos por horas nas arquibancadas do Maracanã em 2016

    Impunidade após baderna flamenguista expõe exageros da polícia carioca contra Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes