Pavone pede salário alto e assusta diretoria do Corinthians.

Pavone pede salário alto e assusta diretoria do Corinthians.

Pavone foi um dos poucos destaques do Lanús na Copa Libertadores deste ano

Pavone foi um dos poucos destaques do Lanús na Copa Libertadores deste ano

Foto: Iván Fernández/EFE

A contratação de Mariano Pavone ficou um pouco mais distante. A pedida salarial do centroavante argentino foi além do que a diretoria do Corinthians pretende pagar pelo jogador que, recentemente, completou 30 anos.

O LANCENET! apurou que os responsáveis pelo departamento de futebol do clube foram avisados pelo empresário que conduz as negociações na Argentina de que o centroavante do Lanús não está disposto a vir ao Brasil para ganhar menos de US$ 120 mil/mês, aproximadamente R$ 250 mil.

O valor, no pensamento de Edu Gaspar (gerente), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto) e Roberto de Andrade (diretor), é muito alto para quem atua num mercado que, neste momento, paga valores inferiores. Nem mesmo os grandes astros do país vizinho ganham salários compatíveis.

Pavone, que antes estava convicto de atuar pelo Corinthians por um salário inferior, mudou de pensamento depois de receber inúmeras propostas de clubes do exterior. Al Wasl (EAU), SP Braga (POR) e Cruz Azul (MEX) foram alguns dos interessados que surgiram nos últimos dias.

O argentino, pelo visto, ainda não deve ter sido informado sobre a política salarial do Corinthians sob a administração de Mário Gobbi. Como o L! mostrou na edição da última terça-feira, o clube pretende reduzir sua folha salarial. De acordo com Roberto de Andrade, não há nada para fazer com os contratos que estão em vigência, mas o clube não abrirá mão de impôr tal modelo de gestão com os jogadores que forem contratados.

Caso Pavone não seja contratado, o que é o mais provável, o clube continuará a busca por um centroavante de ofício, já que não há tanta esperança de Liedson voltar a ser Liedson e Elton, enfim, brilhar no time.

Corinthians e Pavone: passo a passo

Interesse
A diretoria do Corinthians, com aval do técnico Tite, define que Mariano Pavone é um dos jogadores da América do Sul que interessam e devem fazem parte da lista de reforços para o Brasileirão-12.

Emissário
Um empresário, que não teve seu nome divulgado pelo clube nem pelos jornais argentinos, foi autorizado pelo Timão e negociou com Pavone nos últimos dias.

Nada de viagem
Um dos membros da diretoria do Timão só viajaria para a Argentina em caso de “sim” do agente, algo que não ocorreu devido a Pavone, que pediu muito alto.

Futuro
A negociação travou e, se Pavone não diminuir a pedida, não haverá negócio.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Zagueiro Pablo está recuperado e deve reforçar Timão no domingo

    Titular retorna, e Carille esboça escalação do Corinthians para duelo com Atlético-GO

    ver detalhes
  • Mendoza segue a rotina de treinos durante a semana e folga aos finais de semana

    Clube colombiano demonstra interesse em Mendoza; Corinthians já tem decisão tomada

    ver detalhes
  • Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    ver detalhes
  • Felipe está em alta no Porto, mas Corinthians ainda não viu a cor de boa parte da grana da venda

    Porto atrasa pagamento da compra de Felipe, e Corinthians teme calote milionário

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes