Luis Alvaro chora as pitangas e diz que acredita em 'conspiração Corinthians/Seleção'

Luis Alvaro chora as pitangas e diz que acredita em 'conspiração Corinthians/Seleção'

Os primeiros 90 minutos da tão esperada semifinal da Libertadores, diante do rival Corinthians, onde o Peixe foi derrotado por 1 a 0, em plena Vila Belmiro, seguem ecoando na cabeça dos santistas. Com o resultado negativo, a equipe tenta buscar explicações para a derrota diante do rival. O presidente do Santos, Luis Alvaro, "de cabeça inchada", se apega em uma conspiração Corinthians/Seleção Brasileira para explicar o revés da útima quarta-feira.

O dirigente diz estar intrigado com a não convocação de jogadores do Corinthians, como Paulinho, Ralf e Sheik, que segundo ele, são um dos melhores do país, para os últimos amistosos da Seleção. Luis Alvaro acredita que a equipe santista foi prejudicada, pois teve que ceder Neymar em desgastante maratona de jogos, ao contrário do rival, que foi "poupado" pelos "corintianos da Seleção Brasileira".

- É, no mínimo estranho, uma ótima equipe como esta do Corinthians, campeã Brasileira, na semi da Libertadores, não ter nenhum jogador convocado para a Seleção Brasileira nesses últimos amistosos. Esse episódio torna-se ainda mais estranho ao lembrar que na Seleção conta com um diretor assumidamente corintiano, o Andrés Sanches, e um treinador também corintiano, que tem uma história pelo clube, o Mano Menezes - disse, em tom desabafo, o presidente santista, em entrevista exclusiva ao LANCENET!
Luis Alvaro acredita que o desgaste de Neymar ao longo dos três amistosos realizado pela Seleção Brasileira nos últimos 14 dias (EUA, México e Argentina) foi decisivo para que o Santos não conseguisse chegar ao resultado positivo diante do rival, em pleno Caldeirão. Assim como goleiro Rafael, também convocado para os amistosos, Neymar atuou praticamente os 90 minutos de todos os confrontos canarinhos.
- Se por um lado os jogadores do Corinthians não são convocados, por outros os nossos, às vésperas de uma importante decisão, atuam durante os 90 minutos de todas as partidas, é no mínimo estranho, né? Isso não serve como desculpas para derrota, mas devemos analisar algumas condutas em torno deste clássico - disse o mandatário.
Chateado com a derrota, o presidente santista revelou não ter descido ao vestiário do Peixe para conversar com os jogadores, o que antes era rotina durante a sua gestão. Acompanhado das filhas, Luis Alvaro preferiu sair do estádio sem prestar nenhuma declaração sobre a derrota santista.
Apesar do revés nos primeiros 90 minutos, o presidente alvinegro não perde a confiança de que o Peixe vai garantir a vaga na finalíssima da competição e promete uma volta por cima diante da equipe do Parque São Jorge, no Pacaembu, na próxima quarta-feira.
- Ontem (quarta-feira) nós perdemos e saímos tristes, pois contávamos com a vitoria em casa. No entanto, acredito fielmente nessa ótima equipe do Santos e no melhor técnico do Brasil (Muricy Ramalho) para conseguir reverter o resultado. Temos totais condições de vencer o Corinthians no Pacaembu - finalizou.

Luis Alvaro desabafa e acredita em

Fonte: Lancenet!

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes