Em boa fase, Cássio sonha em ser ídolo no Corinthians

Em boa fase, Cássio sonha em ser ídolo no Corinthians

Depois de ver diversos goleiros passarem, sem grande sucesso, pela meta corintiana nos últimos anos, a torcida alvinegra está deliciada com as seguidas boas atuações de Cássio. O goleiro, que chegou como terceiro reserva no início da temporada, assumiu a titularidade quando Júlio César foi barrado e vem se destacando. Contra o Santos, novamente brilhou, garantindo a vitória num chute perigoso de Juan.


De um quase desconhecido, Cássio já começa a sentir a fama. 'Estou vivendo o momento, sei que mudou bastante, sai na rua, tem o carinho das pessoas, que pedem para tirar foto, e isso é muito bom. Mas tem de ter tranquilidade, saber que precisa continuar jogando para as coisas continuarem assim e para chegar ao objetivo que é ser um ídolo do Corinthians', disse o goleiro, nesta quinta, em entrevista coletiva.

Com a vitória por 1 a 0 conquistada nesta quarta-feira à noite na Vila Belmiro, o Corinthians joga por um empate, quarta que vem, no Pacaembu, para avançar a uma inédita final de Libertadores. Cássio sabe que será difícil relaxar nesta semana de intervalo entre um jogo e outro.

'Não tem nem como relaxar, tivemos grande resultado, mas nada está definido, está aberto. É continuar treinando, focado para próxima semana tentar a classificação. Temos de continuar fazendo o que vinha no dia a dia, sem mudar nada, estar bem concentrado e tentar melhorar o que não está bem', comentou o goleiro.

Apesar do foco na Libertadores, Cássio não esquece o Brasileirão e quer jogar contra a Ponte Preta, neste domingo, em Campinas. 'É complicado (não pensar na Libertadores), tem hora tenta não pensar, mas não tem como. Estamos na semifinal, a gente sabe da pressão, de como torcedor e nós queremos ganhar esse campeonato, não conseguimos ficar 100% focados no Brasileirão. Mas queremos vencer a Ponte Preta e eu estou à disposição.'

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes