Sheik é preservado e não viaja. Liedson no banco

Sheik é preservado e não viaja. Liedson no banco

Assim como fez diante do Grêmio, na véspera do primeiro confronto com o Santos, o Corinthians vai entrar em campo contra a Ponte Preta, neste domingo, com os reservas. Tite, mais uma vez, não quer correr o risco de perder seus titulares por conta de lesão para o duelo de quarta-feira, quando decide a classificação para a final da Libertadores. Até mesmo Emerson Sheik, que está suspenso na competição continental, não viajará para Campinas.

Depois reclamar de dores no joelho após a partida na Vila Belmiro, o atacante treinou normalmente com o grupo dos titulares, mas será preservado. O comandante corintiano também decidiu pela não utilização do camisa 11 para observar Willian, seu substituto para quarta. No decorrer do jogo, Tite também deve lançar Romarinho para analisar mais opções.

Desta maneira, o time que enfrenta a Ponte Preta, amanhã, será formado por Júlio César, Welder, Antônio Carlos, Wallace e Ramon; Marquinhos, Willian Arão, Ramírez e Douglas; Willian e Elton.

Em Campinas, duas novidades estarão no banco de reservas. Liedson, que não vem sendo relacionado pelo treinador, ficará na suplência. Já o zagueiro Paulo André retorna após ter feito uma artroscopia no joelho direito em fevereiro. Por conta de uma série de inflamações, a volta do defensor demorou mais que o esperado e finalmente está pronto para jogar.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes
  • Jabá sentiu dor na coxa e deixou o treino do Corinthians mais cedo

    Léo Jabá se machuca em treino do Corinthians e deixa campo com dores na coxa

    ver detalhes
  • CT Joaquim Grava ganhou novidades

    Corinthians 'aposenta' decoração do centenário e dá cara nova ao CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes