Perto de final inédita, corintianos dizem que história só acontecerá com título

Perto de final inédita, corintianos dizem que história só acontecerá com título

Próximos de fazer história, afinal apenas 90 minutos e um empate separam o Corinthians da inédita final de Libertadores, os jogadores do Corinthians avisam que conquistar a vaga não terá valor algum se a equipe não for campeã. Nesta quarta-feira, às 21h50, o Timão faz a segunda semifinal contra o Santos, no Pacaembu. No primeiro jogo, os comandados pelo técnico Tite levaram a melhor ao vencerem por 1 a 0.

'Caminhar até aqui e perder a final não vai adiantar nada. Segundo e último colocado é a mesma coisa. Vai ser uma guerra se formos à final, mas temos que pensar no Santos', comentou o volante Ralf.

Isso acontece porque as estatísticas ficam debaixo do tapete quando o resultado final não carimba a campanha. Em 2010, o Timão fez a melhor campanha da primeira fase. Números impressionantes, que naufragaram nas oitavas de final contra o Flamengo.

'Se chegar à final e não conquistar o título, o que fizemos até aqui vai ser esquecido', completou o volante Paulinho.

Reportagem André Pires e Felipe Piccoli

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes