Libertadores: Corinthians divulga sexta como será venda de ingressos

Libertadores: Corinthians divulga sexta como será venda de ingressos

O Corinthians divulga nesta sexta-feira como será o serviço de venda de ingressos para os torcedores que quiserem ver a final da Copa Libertadores, nas duas próximas quartas-feiras. A venda será pelo Plano Fiel Torcedor, com preferência para quem comprou mais de 43 bilhetes durante o ano para o jogo do dia 4 no Pacaembu.


Para o jogo de ida, dia 27, a Vai Corinthians, agência que negocia viagens e ingresso para os torcedores que quiserem acompanhar o time na Argentina (se Boca Juniors passar) ou Chile (se der Universidad de Chile) disponibilizará pacotes aéreos.

De certo é que a direção do clube fará total esforço para que os torcedores possam ver o jogo mais importante do time na sua história com comodidade.

Outro benefício é que os preços para a partida do Pacaembu não devem ser reajustados. Hoje, o corintiano para R$ 50,00 para arquibancada, setor 21 e tobogã, R$ 200,00 para cadeira laranja, R$ 300,00 para numerada e R$ 500,00 no VIP. A recomendação é que todos busquem suas entradas pela internet para evitar que acabem sendo enganados por cambistas.

No Pacaembu, diante do Santos, na quarta-feira, cambistas pediam até R$ 1 mil por entrada e os bilhetes eram falsos.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Feliz, Jadson comemora 'primeira viagem' com Timão em rede social

    Feliz, Jadson comemora 'primeira viagem' com Timão em rede social

    ver detalhes
  • Campeão da Copinha, o jovem Pedrinho pode estrear na quarta-feira

    Com Pedrinho e Jadson, Corinthians divulga relacionados para pegar o Brusque; Rodriguinho fora

    ver detalhes
  • Jadson é opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1º

    Jadson viaja a Santa Catarina e pode fazer a reestreia pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Carille comandou trabalho do Corinthians no CT antes de viagem a Brusque

    Com Jadson, Corinthians se reapresenta e faz último treino no CT; Camacho retorna

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes