Libertadores: Corinthians vai à Bombonera para se adaptar a estádio

Libertadores: Corinthians vai à Bombonera para se adaptar a estádio

479 visualizações 3 comentários Comunicar erro

Os jogadores do Corinthians vão conhecer nesta terça-feira à noite o lendário estádio do Boca Juniors. Como faz antes de todos os jogos, o técnico Tite levará seu time para treinar no palco do jogo. A meta é mostrar, principalmente para o goleiro Cássio, como é a iluminação do estádio, onde ele jamais jogou.


'É importante conhecer onde estamos pisando. Mas estamos preparados para fazer um bom jogo e não tem segredo.'

O acanhado estádio é apontado por muitos a arma do Boca Juniors para ter uma vantagem. Mas Cássio lembra que já jogou sob pressão, em campos como caldeirão diante do Emelec, Vasco e Santos.

'Nada será surpresa. Jogamos em caldeirões e fomos bem, não teremos problemas', garantiu.

'O Corinthians está acostumado a jogar em tudo que é lugar. Não temos de temer a Bombonera, é jogar como sempre, sem medo', afirma o zagueiro Castán, garantindo que a casa do Boca é parecida com a Vila Belmiro, onde o time venceu.

Alex, que já jogou três vezes no estádio, só pede coragem. 'É um privilégio, uma honra estar aqui. Agora temos de fazer valer, com a coragem e personalidade que vínhamos jogando.'

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Rodriguinho marcou os dois gols da vitória do Corinthians sobre o Fluminense domingo passado

    Modificado Corinthians enfrenta Paraná neste domingo de manhã pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Com Renê Júnior, Timão ajustou últimos detalhes para o confronto com o Paraná

    Escalação do Corinthians tem três mudanças para encarar Paraná; confira

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians pode ficar de olhos abertos: jogo contra o Paraná passa na televisão

    Jogo às 11h passa na TV! Veja como assistir a Paraná x Corinthians pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Top fregueses do Corinthians | #43

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Os maiores fregueses do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes