Corinthians é investigado pelo Procon por suposta venda casada de ingressos

Corinthians é investigado pelo Procon por suposta venda casada de ingressos

1.8 mil visualizações 15 comentários Comunicar erro

São Paulo - O Procon-SP vai notificar o Corinthians para que o clube esclareça como está sendo feita a venda de ingressos para o jogo de amanhã contra o Boca Juniors, em Buenos Aires, na Argentina, partida válida pela final da Copa Santander Libertadores de 2012.

A fundação está investigando se os pacotes vendidos pela agência de turismo CVC incluindo passagem aérea, hospedagem e ingresso podem ser configurados venda casada, uma prática proibida pelo Código de Defesa do Consumidor.

"Pela informação que temos, o clube não está vendendo ingresso separadamente, e a pessoa que quiser comprar, está sendo orientada a procurar a agência de turismo para comprar o pacote", disse Márcio Marcucci, da diretoria de fiscalização do Procon-SP.

"Nada impede que uma agência ofereça um pacote para o jogo, desde que o consumidor também tenha a possibilidade de comprar apenas o ingresso junto ao clube", acrescentou.

Procurado por meio de sua assessoria de imprensa, o Corinthians não quis comentar o caso nem confirmou o recebimento da notificação, dizendo apenas que qualquer informação será divulgada no site do clube.

A multa, caso a prática seja confirmada, pode variar de R$ 400 a R$ 6 milhões, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

Fonte: Exame

Veja Mais:

  • Com Renê Júnior, Timão ajustou últimos detalhes para o confronto com o Paraná

    Corinthians encara Paraná escalado com três mudanças; confira

    ver detalhes
  • Matheus Matias vive a expectativa de estrear com a camisa do Timão

    Matheus Matias segue dieta especial por estreia no Corinthians: 'Não paro de comer'

    ver detalhes
  • Top fregueses do Corinthians | #43

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Os maiores fregueses do Corinthians

    ver detalhes
  • Positivo Tecnologia S.A e FoxLux S.A são duas empresas que patrocinam a camisa

    Balanço do Corinthians destrincha oito maiores acordos de patrocínio; dois são colocados em xeque

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes