Gritos da La Bombonera servem de motivação para o Corinthians

Gritos da La Bombonera servem de motivação para o Corinthians

Argentina - A mística do Boca Juniors começa em sua história de títulos, na força de sua torcida, mas principalmente pelo caldeirão do seu estádio. A famosa La Bombonera é o palco mais temido da América do Sul. E basta entrar nela, mesmo sem os fanáticos torcedores, para sentir a diferença para os estádios brasileiros. Arquibancadas íngremes e vários corrimões, que permitem a famosa ‘avalanche’ nos gols.

Se assusta muita gente, outros já estão ambientados. Um deles é Alex. O meia já esteve em campo três vezes no estádio.

'É uma energia impressionante', resumiu o camisa 12.

Exatamente o número da camisa de Alex simboliza muito no Boca Juniors. Sua principal torcida organizada, famosa por alguns atos de violência, é La Doce. Localizada atrás do gol, os fanáticos têm nas arquibancadas seu número de guerra pintado. A diretoria apoia os torcedores. Abaixo do espaço reservado para a torcida fica o vestiário do Corinthians. Enquanto os xeneizes - nome dado aos simpatizantes do Boca - pulam, o piso balança e faz um barulho enorme no vestiário.

Mas quando a bola rolar, os jogadores do Timão garantem que a história e a pressão da torcida não vão influenciar. Para o experiente Emerson Sheik, tudo que envolve a decisão fora de campo serve de motivação.

'Momento que a gente esperava. É o momento que toda criança sonha estar disputando uma Libertadores com o Boca, em La Bombonera, e por um clube como o Corinthians. É o momento de desfrutar desses dois jogos, com responsabilidade, mas desfrutar e dar o melhor', destacou o camisa 11.

Mesmo com capacidade para 49 mil torcedores, o estádio será pequeno. Sócios do clubes protestaram, nesta terça-feira, pela falta de ingressos. Se muitos ficarão do lado de fora, Maradona é aguardado. Seu camarote, que fica no centro da Bombonera, já foi arrumado pelos funcionários do clube, que deram os últimos ‘tapas’ na noite.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Cássio foi presenteado por Dona Lina no encontro dos dois no CT Joaquim Grava

    Com presente guardado há cinco anos, corinthiana de 87 anos realiza sonho de conhecer Cássio

    ver detalhes
  • Felipe, Malcom e Gil foram vendidos pelo Corinthians em 2016

    Venda de atletas e luvas da TV fazem Corinthians ter maior arrecadação da história em 2016

    ver detalhes
  • Diga xis! Confira o novo álbum 3x4 do elenco do Corinthians

    Diga xis! Confira o novo álbum 3x4 do elenco do Corinthians

    ver detalhes
  • Danilo treinou com bola no campo; meia é preparado para o Brasileirão

    Danilo trabalha com bola e fica perto da volta; veja o que rolou no dia do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes