Corintianos chegam até de carro e invadem Buenos Aires

Corintianos chegam até de carro e invadem Buenos Aires

Um grupo de cinco corintianos conseguiu a façanha de ir de Guarulhos até Buenos Aires para ver o time de coração na final da Copa Libertadores. Não, eles não levaram apenas as três horas de viagem pegando o voo no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, até a Argentina. Estes apaixonados fizeram o trajeto de carro.

Foram necessários 34 horas, R$ 800 de gasolina - mais os pedágios - e muito café para enfrentar os 2.400km que separam a cidade da região da Grande São Paulo da capital portenha.

O trajeto dos fanáticos torcedores começou na madrugada da última segunda-feira e acabou na tarde desta terça, em frente ao Estádio de La Bombonera, aonde às 21h50 de hoje o Corinthians enfrenta o Boca Juniors, na decisão da Libertadores.

"Viemos direto, só paramos para almoçar e jantar", conta Rodrigo Oliveira, funcionário autônomo, dono do veículo. "Pelo Corinthians vale tudo."

Rodrigo contou que pelo caminho, encontrou muitos outros corajosos corintianos que colocaram seus carros na estrada para ver a partida histórica sem pagar a cara passagem de avião. Porém, diferentemente dos guarulhenses, que já estão com ingresso no bolso, muitos destes torcedores vão arriscar a sorte buscando uma entrada de última hora.

Não existe um número preciso, e alguns 'chutam' alto, falando em até 4 mil corintianos em Buenos Aires sem um ingresso, além dos 2.450 que têm lugar garantido. Muitos destes aventureiros encheram hoteis e albergues no centro da cidade, de onde serão escoltados pela polícia, até o estádio, todos os torcedores visitantes momentos antes da partida.

Outros circulavam pelas ruas em torno da La Bombonera, nesta terça, atrás de uma boa oferta dos cambistas, que pediam de R$ 300 a R$ 400 por um lugar no palco do duelo.

Luis Bagnara, administrador de empresas em São Paulo, pagou R$ 1000 para assistir ao jogo com a esposa da torcida do Boca. "Se sair gol, vou ter que ficar quietinho", brinca. Ele diz não ser o único que vai se arriscar no meio do inimigo.

Se depender da relação entre os rivais antes da partida, Luis não vai ter problemas. É comum ver corintianos pelas ruas da cidade e inclusive próximo ao estádio com roupas do time alvinegro, em harmonia com os donos da casa.

Corintianos chegam até de carro e invadem Buenos Aires

Fonte: Espn

Veja Mais:

  • Cássio (à dir.) foi apresentado como reforço do Corinthians ao lado de Felipe, hoje no Porto

    'Nunca me imaginei jogando no Corinthians': Cássio conta bastidores da chegada ao Timão

    ver detalhes
  • Corinthians/Americana pode não voltar a quadra no segundo semestre

    Campeão nacional, Corinthians/Americana chega ao fim, diz jornal

    ver detalhes
  • Pedrinho jogou apenas dez minutos nos últimos dez jogos do Corinthians

    Dez minutos nos últimos dez jogos... Pedrinho 'some' em meio à decisões e boa fase do Corinthians

    ver detalhes
  • De promessa a dispensado: ex-Corinthians, Cassini comunica saída da Ponte Preta

    De promessa a dispensado: ex-Corinthians, Cassini comunica saída da Ponte Preta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes