Polícia argentina fecha ruas do entorno do estádio La Bombonera

Polícia argentina fecha ruas do entorno do estádio La Bombonera

370 visualizações 2 comentários Comunicar erro

Buenos Aires - A movimentação nas ruas próximas à La Bombonera começa a dar o clima de decisão de Libertadores. Seguranças do Boca Juniors e a polícia local já colocaram grades e tapumes para fechar o trânsito na região do estádio e separar os torcedores que irão acompanhar o confronto contra o Corinthians.

Faltando cerca de cinco horas para o apito inicial do confronto, boa parte dos corintianos seguia do lado de fora, já que os xeneizes, torcedores do time portenho, costumam chegar para os jogos por volta das 19h, segundo os policiais argentinos. Uma preocupação no momento é orientar os corintianos a ficar próximos do seu portão de entrada. Alguns estavam nas ruas dos torcedores da 'La Doce', famosa torcida organizada do Boca.

Se tem muitas camisas do Corinthians nos bares e ruas da Bombonera, dois jovens chamaram muita atenção ao passar com camisetas do River Plate, principal rival do Boca. Xeneizes que não se incomodavam com os cantos corintianos, não gostaram da provocação e acompanharam passo a passo os dois. Para evitar confusão, a dupla se afastou da área adversária.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Sidcley marcou o segundo gol do Corinthians (e deu assistência para o primeiro)

    'Sidriguinho' dá show, Corinthians goleia Paraná em Curitiba e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Sidcley teve atuação aprovadíssima pela Fiel

    Sidcley e mais três beiram nota máxima da Fiel após goleada do Corinthians em Curitiba

    ver detalhes
  • Rodriguinho é o artilheiro do Brasileirão-2018, com três gols em duas partidas

    Corinthians já lidera Brasileirão com folga; veja quem ainda ameaça o Timão nesta segunda rodada

    ver detalhes
  • Rodriguinho já soma três gols em duas rodadas no Brasileirão-2018

    Rodriguinho supera ex-alvos do Corinthians e se isola na artilharia do Brasileirão-2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes