Alex afirma: 'Pegar o Boca na final é para ser algo incontestável'

Alex afirma: 'Pegar o Boca na final é para ser algo incontestável'

Campeão da Libertadores de 2006 com a camisa do Inter, o meia Alex sabe como é jogar uma final de uma competição continental. Aos 30 anos de idade, o meia espera conquistar seu segundo título de Libertadores, mas agora com a camisa do Corinthians.

O meia aposta na maturidade do elenco para vencer a Libertadores. "Essa maturidade que adquirimos com o título brasileiro nos faz encarar um momento de dificuldade com destreza e tranquilidade. Como se fosse um outro momento", disse o camisa 12 ao LANCENET!, antes de embarcar para a Argentina.

O meia comentou o fato de jogar a final contra o Boca no La Bombonera. "Tem uma mística, mas depois que você vai lá e conhece se torna um ambiente muito especial. Porque o torcedor transforma aquilo em especial. O Boca em si exige que você jogue praticamente no seu máximo. A torcida deles é tão boa que motiva até o adversário. Mas a preparação tem de ser muito forte porque não o deixam respirar, tentam intimidar o tempo todo. E você não pode dar nenhum tipo de brecha, como uma levantada de mão de impedimento, ou deixar de correr um pouco, porque a competitividade deles é impressionante e o árbitro lá dentro acaba sendo não tão confiável, dependendo do jogo. Na dúvida, o árbitro ou bandeira não vai nos ajudar, tenho certeza", disse.

Fonte: futnet

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes