Após resistir na Argentina, Corinthians promete “Bombonera piorada” no jogo de volta

Após resistir na Argentina, Corinthians promete “Bombonera piorada” no jogo de volta

2.3 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Conhecido como o time mais difícil das Américas de ser derrotado em casa, o Boca Juniors viu nesta quarta-feira (27) o Corinthians segurar um empate por 1 a 1 fora de casa, na primeira partida da final da Copa Libertadores, e voltar para São Paulo dependendo de uma vitória simples para conquistar o inédito título da Copa Libertadores. Agora, o Timão quer fazer o Boca provar do seu próprio veneno e armar um cenário aterrorizante para os visitantes no Pacaembu.

O próprio site oficial do clube comprou essa briga. O Timão estampou uma foto do estádio paulistano lotado e utilizou o título “Agora é no Pacaembu”, em uma clara provocação à mística da Bombonera, que não surtiu efeito contra os comandados de Tite.

O zagueiro Leandro Castán, um dos líderes do grupo e que vem fazendo uma Libertadores magnífica, foi um dos jogadores que, ao final do jogo na Argentina, disse que confia na força da torcida fanática para levar o título histórico.

- Conseguimos levar uma grande vantagem para São Paulo. Estamos na briga e vamos fazer de tudo para garantir a festa em casa. No Pacaembu muda muita coisa. A gente conhece cada canto do gramado. E agora eles vão conhecer nossa torcida.

Até a diretoria entrou no clima de “Pacaembu Bombonera”. O diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade, afirmou que o Boca terá outro jogo pela frente em São Paulo.

- O Corinthians tem condições de ganhar desse time. Não vou falar que será fácil, porque não é fácil. Mas vimos que não é tudo isso. O Boca é um grande time, mas não é imbatível. Sei que nossa equipe tem muito mais para dar dentro de campo, mas, pelo resultado, está todo o mundo contente. Agora vamos para o Pacaembu. É outro jogo, outra história. Estamos a um gol do título.

E o Corinthians promete fazer mesmo muita pressão em casa. Todos os ingressos para a final se esgotaram em apenas oito minutos de venda, para torcedores participantes do programa Fiel Torcedor. Ao todo, o Pacaembu terá 37 mil torcedores do Timão. Já os argentinos do Boca Juniors terão 2.450 ingressos para o jogo decisivo, mesmo número destinado à torcida do Corinthians na Bombonera.

Após anos vendo os torcedores rivais zombarem da falta de títulos da Libertadores do Timão, os corintianos podem conquistar pela primeira vez o torneio com um “mix” de fatos históricos relevantes: invicto, contra o Boca na final e depois de eliminar os rivais Santos e Vasco na fase de mata-mata.

Fonte: r7

Veja Mais:

  • Jadson, aos 35 do segundo tempo, assegurou a vitória ao Timão

    Corinthians 'goleia' Independiente por 1 a 0 e assume liderança isolada de grupo da Libertadores

    ver detalhes
  • Balbuena garante que renovação foi há dez dias, mas assinatura ainda não aconteceu

    Balbuena reclama do Meu Timão e garante que acertou renovação há dez dias; assinatura segue sem data

    ver detalhes
  • Timão venceu e assegurou a liderança isolada do Grupo 7

    Cássio supera Jadson e é eleito craque do Corinthians em vitória na Argentina

    ver detalhes
  • Na mira do Flamengo? Rodriguinho garante não ter sido procurado por clube do Rio

    Corinthiano Rodriguinho se posiciona sobre suposta sondagem do Flamengo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes