Após resistir na Argentina, Corinthians promete “Bombonera piorada” no jogo de volta

Após resistir na Argentina, Corinthians promete “Bombonera piorada” no jogo de volta

Conhecido como o time mais difícil das Américas de ser derrotado em casa, o Boca Juniors viu nesta quarta-feira (27) o Corinthians segurar um empate por 1 a 1 fora de casa, na primeira partida da final da Copa Libertadores, e voltar para São Paulo dependendo de uma vitória simples para conquistar o inédito título da Copa Libertadores. Agora, o Timão quer fazer o Boca provar do seu próprio veneno e armar um cenário aterrorizante para os visitantes no Pacaembu.

O próprio site oficial do clube comprou essa briga. O Timão estampou uma foto do estádio paulistano lotado e utilizou o título “Agora é no Pacaembu”, em uma clara provocação à mística da Bombonera, que não surtiu efeito contra os comandados de Tite.

O zagueiro Leandro Castán, um dos líderes do grupo e que vem fazendo uma Libertadores magnífica, foi um dos jogadores que, ao final do jogo na Argentina, disse que confia na força da torcida fanática para levar o título histórico.

- Conseguimos levar uma grande vantagem para São Paulo. Estamos na briga e vamos fazer de tudo para garantir a festa em casa. No Pacaembu muda muita coisa. A gente conhece cada canto do gramado. E agora eles vão conhecer nossa torcida.

Até a diretoria entrou no clima de “Pacaembu Bombonera”. O diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade, afirmou que o Boca terá outro jogo pela frente em São Paulo.

- O Corinthians tem condições de ganhar desse time. Não vou falar que será fácil, porque não é fácil. Mas vimos que não é tudo isso. O Boca é um grande time, mas não é imbatível. Sei que nossa equipe tem muito mais para dar dentro de campo, mas, pelo resultado, está todo o mundo contente. Agora vamos para o Pacaembu. É outro jogo, outra história. Estamos a um gol do título.

E o Corinthians promete fazer mesmo muita pressão em casa. Todos os ingressos para a final se esgotaram em apenas oito minutos de venda, para torcedores participantes do programa Fiel Torcedor. Ao todo, o Pacaembu terá 37 mil torcedores do Timão. Já os argentinos do Boca Juniors terão 2.450 ingressos para o jogo decisivo, mesmo número destinado à torcida do Corinthians na Bombonera.

Após anos vendo os torcedores rivais zombarem da falta de títulos da Libertadores do Timão, os corintianos podem conquistar pela primeira vez o torneio com um “mix” de fatos históricos relevantes: invicto, contra o Boca na final e depois de eliminar os rivais Santos e Vasco na fase de mata-mata.

Fonte: r7

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes