Tite diz que Boca vai sentir o peso da Fiel no Pacaembu

Tite diz que Boca vai sentir o peso da Fiel no Pacaembu

O clima de confiança que tomou conta da torcida corintiana ainda está fora do ambiente dos jogadores. É inevitável que todos fiquem imaginando a festa que será, em caso de título, no Pacaembu. Para acalmar a tensão, Tite aproveitou a manhã livre em Buenos Aires e foi caminhar pelas ruas da cidade.

'Foi uma noite mal dormida e fiz agora um pouquinho de atividade física para abaixar a adrenalina', disse.

Adrenalina esta que aumenta a cada dia que passa e o título da Libertadores fica mais próximo. Depois de fazer um jogo muito truncado com o Boca Juniors, Tite já tem a fórmula para vencer o duelo decisivo.

'Tem que marcar igual o primeiro tempo e que criar igual os 15 minutos finais deste primeiro jogo', analisou.

A solução que parece simples depende de quatro elementos que Tite sempre ressalta em seu trabalho: a capacidade técnica, tática, física e emocional. Esta última, a equipe tem demonstrado. Nem mesmo La Bombonera fez a solidez da equipe corintiana ruir. É verdade que em certos momentos chegou a estremecer.

'Em alguns momentos até sentimos. Quando teve dois lances de perigo, inflamou a torcida e aí bombou. Tem que saber administrar estes momentos. A experiência é mais do que individual, mas do conjunto', ressaltou Tite.

E para manter este emocional dentro do equilíbrio necessário é preciso evitar qualquer clima de já ganhou. Afinal, do outro lado está um clube seis vezes campeão da América.

'Está em aberto. São duas grandes equipes, que podem se enfrentar em qualquer lugar. A bola não queima no pé, agride na marcação. O que tem a nosso favor é o aspecto emocional. Lá (Pacaembu), eles vão sentir o peso da torcida corintiana', afirmou o técnico.

Dentro deste planejamento, o comandante já avisou que antecipará a concentração do elenco para segunda-feira para ter foco total no jogo.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes