Castán rebate Riquelme e chama Boca para o ataque na segunda final

Castán rebate Riquelme e chama Boca para o ataque na segunda final

O clima para a segunda final da Libertadores está cada vez mais quente. Depois de ficar sabendo que Riquelme, astro do Boca Juniors, afirmou que o Corinthians jogou com dez jogadores na defesa em Buenos Aires, o zagueiro Leandro Castán rebateu o rival, nesta sexta-feira, ao 'pedir' para o time argentino jogar todo no ataque no duelo da próxima quarta-feira, no estádio do Pacaembu.

'Se ele reclamou que ficamos atrás, vamos ver se eles vêm para cima aqui também', disse o beque, um dos destaques do Timão no empate por 1 a 1, na La Bombonera.

Não satisfeito, o zagueiro provou ainda mais os 'hermanos'. 'Não consigo ver uma chance clara de gol deles no jogo. Teve aquela bola na trave (Viatri acertou o travessão já nos acréscimos), o gol deles foi num lance de bola parada. Foi um jogo muito equilibrado, sem muitas chances de gol', acrescentou Castán.

Ainda no gramado do estádio La Bombonera, Riquelme reclamou da árbitro chileno Enrique Osses e da forma de atuar da equipe dirigida pelo técnico Tite. 'É difícil enfrentar uma equipe com dez atrás. Não fomos uma maravilha, mas merecíamos mais. Eles não tiveram nada. Fizeram um gol no fim, em uma bola que passou pelo meio das pernas do Schiavi e tocou no Orión (goleiro)', disse o meia argentino, que completou:

'O árbitro se fez de idiota. Nunca me queixo dos árbitros, mas desta vez não teve como. Espero que ele nunca mais apite nossos jogos. A Copa também se ganha com os árbitros. Eles (Corinthians) foram inteligentes. Colocaram um árbitro que os ajudou um pouco', atacou.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Desde agosto no Leganés, Luciano atuou em 27 jogos e marcou quatro gols, um deles sobre o Real Madrd

    Com sondagens de México e Turquia, corinthiano Luciano tem semana decisiva na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes