Capitão do Timão que pode levantar a taça da Libertadores será escolhido no dia da final

Capitão do Timão que pode levantar a taça da Libertadores será escolhido no dia da final

Quem terá a honra de levantar a taça. Romarinho já entrou para a história ao marcar o gol de empate da primeira partida da decisão. Quem anotar o gol do título no Pacaembu também marcará seu nome de maneira especial.

Mas um personagem ficará para a posteridade com sua imagem levantando a taça de campeão da Libertadores. Por conta do rodízio promovido por Tite, o nome só será conhecido no dia.

'Ainda não conversamos sobre isso. O Tite tem realizado esse rodízio e define o capitão no dia da partida. Essa não é a nossa preocupação no momento', explicou Geraldo Delamore, auxiliar técnico do Timão.

Depois da tarja ter rodado no braço de quase todos os titulares - Ralf foi o único que não aceitou, pois acha que isso tiraria sua concentração, Tite tem revezado a braçadeira entre Danilo e Alessandro. Cada jogo da Libertadores tem um ou outro como capitão.

Na Bombonera, na primeira partida contra o Boca Juniors, Danilo foi o escolhido. Desta maneira, a tendência é que Alessandro seja o nome da vez. Responsável por levantar a taça do Brasileirão, o lateral tem uma forte liderança no elenco.

'Acredito que deva ser Alessandro ou Danilo mesmo. Já conversamos aqui, que não tem esse tipo de vaidade. Quem for o capitão vai chamar todo mundo para levantar o troféu junto. Conquistar o título já faz todo mundo entrar para a história', comentou Fábio Santos, lembrando a cena que aconteceu no título do Nacional.

Alessandro, por sinal, foi do inferno ao céu nesta Libertadores. Machucado, viu Edenílson ganhar a posição e só retornou com a lesão do companheiro. Mal contra o Vasco, foi muito criticado e Tite chegou a testar Marquinhos e Welder nos treinos antes de pegar o Santos.

Velho, lento e sem capacidade de marcação. Foram algumas das críticas que rondaram Alessandro, que calou a boca dos ‘perseguidores’ ao anular Neymar, com a ajuda de Jorge Henrique, na semifinal, e ter uma boa atuação na Bombonera, quando chegou a salvar um gol de Santiago Silva.

Desta maneira, Tite pode homenagear seu líder com a tarja de capitão para coroar sua luta em ajudar o grupo.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Rodriguinho enfrenta o Patriotas na Colômbia; fora Gabriel, Carille promove quatro novidades

    Em treino na Colômbia, Carille define escalação do Corinthians para jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    ver detalhes
  • Romarinho foi protagonista da final da Libertadores há cinco anos

    Viraliza na web versão de gol do Romarinho narrado por Galvão Bueno; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes